342 quilos de polvo foram apreendidos em Olhão

Polvo foi apreendido por não ter sido submetido a primeira venda em lota e por, parte dele, ser subdimensionado

342 quilos de polvo foram apreendidos esta quarta-feira, 28 de Novembro, em Olhão, pela Unidade de Controlo Costeiro da GNR. 

«Na sequência de ações de fiscalização rodoviárias, no âmbito do controlo de pesca e da proteção de recursos marinhos, os militares apreenderam o polvo por não ter sido submetido a primeira venda em lota e por, parte dele, ser subdimensionado», explica a GNR.

Segundo a guarda, foi identificada uma empresa e um homem, de 60 anos, e elaborados os respetivos autos de contraordenação.

O polvo foi vendido em lota, sendo que 29 quilos, por ser peixe subdimensionado, foram doados a uma instituição de solidariedade social.

Comentários

pub
pub