Ruínas de Milreu (re)vivem experiências tecno-romanas

Dia 19 de Outubro destina-se às escolas e dia 20 será aberto ao público em geral

As experiências romanas vão regressar às Ruínas de Milreu, em Estoi (Faro), na próxima sexta-feira, dia 19 de Outubro, e sábado, dia 20, em mais uma edição do projeto “Do Saber ao Criar”.

“Do Saber ao Criar – Experiências tecno-romanas na Villa de Milreu” é um projeto do Centro Ciência Viva do Algarve «que pretende dar oportunidade de experimentar os processos de produção, construção e criação do período romano, através de várias oficinas e actividades», explica a Direção Regional de Cultura.

A primeira das oficinas chama-se “Defumadouros e fragâncias” e é uma oficina de olaria para a construção de defumadouros, bem como mostra de ervas utilizadas para perfumar ambientes. Cada participante levará consigo a peça que criou nesta atividade.

Os participantes vão ainda aprender “Técnicas de representação gráfica do período romano”. Segundo explica a Direção Regional de Cultura, «o domínio destas técnicas concederam aos romanos importantes vantagens, inclusive do ponto de vista militar».

Já a oficina “A Geologia romana de Milreu” vai convidar a analisar as rochas utilizadas nas edificações romanas da região e sua identificação através de testes físico químicos.

“A paisagem romana de Milreu” é o título de mais uma das atividades desta iniciativa, que vai apresentar algumas práticas de planeamento paisagístico característicos do período romano. Os participantes serão convidados a criar um modelo do seu canteiro romano.

Para o dia 19 de Outubro, está ainda marcada a fase final da competição inter escolas, promovida pela rede de Museus do Algarve, do “1º torneio do jogo do moinho”, um jogo infantil/juvenil típico do período romano.

Para sábado, dia 20, está marcada a iniciativa “Tabernae”, que é uma mostra de produtos regionais típicos e/ou contemporâneos produzidos a partir de recursos naturais locais.

O programa de dia 19 (sexta-feira) será destinado ao público escolar e decorre das 10h00 às 13h00 e das 14h00 às 17h00. Já o programa de dia 20 (sábado) será dirigido ao público em geral e decorre das 15h00 às 17 horas.

O projeto conta ainda com o apoio da Universidade do Algarve, Requinte Turquesa – Eventos & Serviços, A Barroca – Produtos Culturais e Turísticos e A Canastra, mercearia especializada.

Do “Saber ao Criar” é uma iniciativa integrada no DiVaM 2018 – Dinamização e Valorização dos Monumentos – programa cultural organizado pela Direção Regional de Cultura do Algarve.

Comentários

pub
pub