Portimão: Fotografias de uma Ria Formosa «a prazo» expostas na EMARP

Exposição de fotografia de Bernardo Lúcio pode ser visitada até 23 de Novembro

A Ria Formosa e as suas ilhas-barreira,« uma faixa de território a prazo, ameaçada pela lei e pelo mar», inspira a exposição de fotografia “Domínio Público-Privado”, de Bernardo Lúcio, que pode ser vista na sede da EMARP – Empresa Municipal de Águas e Resíduos de Portimão, até ao dia 23 de Novembro.

«Entre demolições e erosão costeira, resistem casas de pescadores, casas de férias, o último retiro na reforma ou, noutros casos, a casa possível. À vista de resorts de luxo, o desordenamento dá lugar ao espontâneo, ao genuinamente simples e descomplicado», descreve a EMARP.

Foi esta realidade que Bernardo Lúcio, radicado no Algarve desde 2003, procurou captar nas suas fotografias. A exposição pode ser visitada todos os dias úteis, entre as 8h30 e as 17h30.

Fotos: EMARP

Comentários

pub
pub