“O Gajo” vai a Mértola

Concerto integra-se na iniciativa “Mês da Música”

O concerto de “O Gajo” decorre esta quinta-feira, 11 de Outubro, às 21h30, na Igreja da Misericórdia de Mértola. 

Este é mais um espetáculo da iniciativa municipal “Mês da Música”, que leva diferentes sonoridades a vários espaços do concelho e que se prolonga até Dezembro.

Na biografia, disponível no site da Rastilho Records, «”O Gajo” nasce em Lisboa na Primavera de 2016 pelas mãos de João Morais com o intuito de ligar a sua música à terra que o viu nascer, Portugal».

É assim que surge a relação com a Viola Campaniça, um instrumento de raiz tradicional que faz parte da história cultural portuguesa.

Também designada por Viola Alentejana, a Viola Campaniça era o instrumento musical usado para acompanhar os célebres cantares à desgarrada, ou ”cantes a despique”, nas festas e feiras do Alentejo. É a maior das violas portuguesas e possui cinco ordens de cordas tocadas tradicionalmente de dedilhado apenas com o polegar.

João Morais é músico desde 1988 e, depois de quase 30 anos a tocar guitarras vindas de fora, é num concerto em Beja que conhece a Viola Campaniça.

«As composições d’”O Gajo” podem soar a fado, mas não são fado, podem soar a música tradicional, mas não são música tradicional, são um híbrido disso tudo e muito mais», diz a Câmara de Mértola.

O disco “Longe do Chão” é lançado através da editora “Rastilho Records” a 20 de Maio de 2017 com apresentação ao vivo no Teatro da Barraca, em Lisboa.

«Além do excelente feedback de alguma imprensa e do público em geral, o projeto tem tocado regularmente de Norte a Sul do país atingindo os 60 concertos no ano de 2017 que terminou em grande com a atuação no Festival Vodafone Mexefest, em Lisboa», conclui a autarquia.

Comentários

pub
pub