Faro quer reforçar participação na #EUCodeWeek 2019

Autarquia reuniu-se com 20 representantes de empresas tecnológicas do concelho

Faro quer reforçar a sua participação e alargar o envolvimento das empresas tecnológicas do concelho na edição de 2019 do #EUCodeWeek, uma iniciativa europeia que tem como objetivo «celebrar a programação, incentivando os cidadãos a aprender mais acerca de tecnologia, conectando comunidades e organizações que podem ajudar neste processo».

Para atingir este objetivo, a Câmara de Faro organizou, no dia 18 de Outubro, no Salão Nobre dos Paços do Município, uma reunião com 20 representantes de empresas tecnológicas do concelho, que «permitiu uma produtiva partilha de experiências no domínio da programação em contexto escolar, onde foram identificadas algumas iniciativas pontuais já em curso».

Segundo a au

tarquia, «num momento animador que é vivido no concelho, no setor tecnológico, foi unânime a perceção do valor destas ações de sensibilização, diversificando as competências enquanto se combate a infoexclusão e se sensibilizam os profissionais de amanhã para responderem às necessidades já hoje sentidas pelas empresas».

Na parte da tarde do dia 19, também inserida nesta iniciativa, realizou-se uma aula com 21 alunos de uma turma do 4.º da Escola EB1/JI do Carmo.

Segundo a Câmara de Faro, os alunos «demonstraram uma avidez para a aprendizagem no domínio tecnológico e uma capacidade excecional para a aquisição de competências nesta área, tendo sido ultrapassado o inicialmente esperado numa sessão de sensibilização, superando as metas definidas».

A autarquia considera que, com recurso exclusivo aos técnicos da área dos Sistemas de Informação da Câmara Municipal de Faro, «identificaram-se oportunidades de melhoria, bem como apostas seguras para que em 2019 se possa alargar esta iniciativa a outras turmas e escolas no âmbito da Semana Europeia da Programação».

A Câmara está satisfeita com o «elevado sucesso» da iniciativa e ficou com «a certeza que na edição de 2019 do #EUCodeWeek o Município de Faro contará com uma participação alargada das empresas».

A próxima fase do projeto passa por identificar «temas e públicos-alvo a endereçar, em articulação com as escolas e outros intervenientes identificados, no sentido de os incentivar a uma transformação digital proativa e atenta às oportunidades e desafios que este processo representa também para os munícipes e demais agentes locais».

Comentários

pub
pub