Câmara de Lagos renova apoio à escola de música de Barão de São João

A Câmara de Lagos vai apoiar financeiramente a escola da Orquestra Juvenil de Guitarras do Algarve existente no concelho

A Câmara de Lagos vai continuar a apoiar o  polo de formação da Orquestra Juvenil de Guitarras do Algarve em Barão de São João, um projeto «que permite proporcionar formação musical às crianças e jovens residentes na zona mais interior/rural do concelho».

A celebração de um acordo de cooperação entre a Câmara, a União de Freguesias de Bensafrim e Barão de São João e a Associação de Guitarras do Algarve (AGA) foi aprovada em Reunião de Câmara e visa «criar as condições para, através da intervenção conjugada e em regime de parceria, dar continuidade ao polo de formação desta escola existente no concelho».

A Câmara compromete-se «a assegurar uma comparticipação financeira anual no valor de 6.550 euros e, excecionalmente, no seu primeiro ano de vigência, a atribuir um subsídio no valor de 3.683 euros, correspondente à comparticipação das atividades “Encontro Global” e “Encontros Interassociativos” e às despesas de funcionamento do Polo e da formação no período de setembro a dezembro de 2017», revelou a autarquia lacobrigense.

Já a União de Freguesias «assume um papel essencial de interlocutor com a população beneficiária e de prestador de apoio logístico necessário ao funcionamento do projeto».

«Com esta decisão, o município retoma um apoio que remonta a 2004, data em que foi estabelecido o primeiro acordo de cooperação para a criação de um polo deste projeto de formação e dinamização cultural na então freguesia de Barão de São João, o qual vigorou até 2011, tendo sido interrompido apenas devido às dificuldades orçamentais à data existentes», enquadrou a Câmara de Lagos.

Apesar disso, «o projeto sobreviveu e continuou a levar a formação musical aos jovens da zona mais rural/interior do concelho de Lagos e de outros concelhos algarvios, contando sempre com o apoio logístico do Município e da Junta de Freguesia e, pontualmente, com alguns apoios financeiros».

No último ano, o polo de Barão de São João deu formação musical a 21 crianças e jovens, entre os 8 e os 17 anos, integrados em três classes – A – Avançado, B – Intermédio e C – Iniciação.

O apoio agora aprovado é dado tendo em conta «o interesse e valia cultural do projeto, a sua consistência pedagógica e artística e o impacto positivo gerado na valorização do território e dos agentes locais, na promoção de hábitos de partilha, convivência e de vida saudáveis, assim como na promoção da sensibilidade artística, do pensamento crítico, equidade de oportunidades e inclusão».

Comentários

pub
pub