Biblioteca de Portimão comemora 25 anos com Mostra Documental, sessões de contos e… bolo

Biblioteca Manuel Teixeira Gomes tem 175 utilizadores diários

A Biblioteca Municipal Manuel Teixeira Gomes, de Portimão, vai comemorar, no dia 6 de Novembro, o seu 25º aniversário. A data vai ser assinalada com uma Mostra Documental intitulada “25 anos em Livros”, com início às 9h30, e com várias sessões de contos protagonizadas por dois contadores de histórias.

Na Mostra Documental, localizada no hall de entrada da Biblioteca, «o visitante será surpreendido com uma exposição composta por livros, cheias de carácter, rugas e personalidade, que circularam por muitas mãos, e sobreviveram para continuar a contar a história», adianta a Câmara de Portimão.

As sessões de contos por Bruno Batista e Bru Junça, dirigidas às escolas do concelho, têm início às 10h00 e terminam às 16h00. Em cada sessão, «serão ouvidas histórias e revelados segredos, pelo livro, pela história e pela leitura. Na ocasião irão cantar os parabéns pela efeméride, a que se seguirá o tradicional momento de soprar as velas do bolo de aniversário».

Para as 21h30, está marcada uma sessão de contos aberta ao público em geral, onde Bruno Batista e Bru Junça irão contar histórias às famílias «repletas de magia e entretenimento, com o intuito de compreender o que os contos têm para nos dizer sobre nós e das nossas relações com os outros».

A Câmara de Portimão explica que Bruno Batista «é um contador de histórias que tem trabalhado com todos os tipos de público, não limitando o prazer de ouvir e contar ao público infantil. Com a sua vertente de animação, as suas sessões vão um pouco além do simples contar, explorando a imaginação e participação dos públicos e o lado humano dos contos».

Já Bru Junça é uma contadora de histórias natural de Évora que, «entre linhas, agulhas, tecidos e palavras, cria um mundo imaginário baseado em contos, lengalengas ou canções da tradição oral. Lagarto pintado, História da Carochinha, Cabaça…são algumas das personagens que povoam os seus livros feitos à mão, que permitem uma aproximação».

A autarquia lembra que, ao longo dos 25 anos de existência da Biblioteca, «têm sido promovidas inúmeras iniciativas dirigidas a pais e filhos, avós e netos, as quais constituem excelentes oportunidades para a partilha de experiências e saberes entre gerações».

A Biblioteca pertence ao grupo de trabalho das bibliotecas municipais do Algarve – em formalização a Rede de Bibliotecas do Algarve com o apoio da AMAL e DGLAB – Direção-Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas e tem projetos marcantes na comunidade, como o Clube de Leitura, a Recolha e Reutilização de Manuais Escolares, os Padrinhos da Leitura e ainda as Férias de Verão “5 Histórias, 5 Semanas e 1 Noite”.

Além dos serviços habituais de consulta local de documentos, jornais, publicações de carácter periódico e internet, ou dos empréstimos domiciliários, a Biblioteca Municipal Manuel Teixeira Gomes «possui um valioso fundo documental, que incide sobretudo na região algarvia e nas suas gentes e assinala várias efemérides como o Natal, a Páscoa, o Halloween, o Dia do Pijama, o Carnaval e o Março Jovem com a comunidade escolar», acrescenta a autarquia.

A Biblioteca Manuel Teixeira Gomes tem 18.180 utilizadores inscritos, tem 80 mil documentos disponíveis, 175 utilizadores diários, 50 crianças por cada sessão educativa, 30 acessos Wi-Fi diários, 50 consultas de internet diárias e 70 documentos emprestados diários.

Este equipamento presta ainda apoio às 16 bibliotecas escolares do concelho e apoia o Prémio Nacional de Leitura, o Prémio Literário Manuel Teixeira Gomes e a Feira do Livro.

No ano em que se celebram os 25 anos, a Biblioteca Municipal de Portimão alterou o seu software de gestão integrada de bibliotecas (KOHA) que permite gerir os processos administrativos como a comunicação com os seus leitores.

Este software, segundo a Câmara, dá suporte a um vasto conjunto de atividades tipicamente realizadas no contexto de uma biblioteca: catalogação, gestão de autoridades, gestão de periódicos, circulação, aquisições, relatórios e estatísticas, etc.

Envergando o nome de um dos mais ilustres cidadãos portimonenses e reconhecido escritor, a Biblioteca Municipal Manuel Teixeira Gomes é hoje, diz a autarquia, «um espaço privilegiado de leitura e contacto com o universo da literatura. Promover e desenvolver serviços e atividades diversificadas que contribuam para o acesso livre da comunidade ao conhecimento, à cultura e à informação, é a grande missão deste espaço que faz parte das infraestruturas concelhias de cultura e que pertence à Rede Nacional de Leitura Pública».

Nas duas últimas décadas e meia, passaram por aquele espaço personalidades como José Saramago, Lídia Jorge, Álvaro Cunhal, Ernâni Lopes, Pepetela, José Fanha, Fernando Rosas, Daniel Sampaio, Glória Marreiros, Gonçalo Ribeiro Teles, Isabel Alçada, Manuel Alegre, Mia Couto ou José Eduardo Agualusa.

Comentários

pub
pub