Visita à Coleção de Fruteiras Algarvias e duas tertúlias sobre figo e sal na Feira da Dieta Mediterrânica

Feira da Dieta Mediterrânica motiva visita guiada e duas tertúlias-passeio

Uma visita à Coleção de Fruteiras Algarvias existentes no Centro de Experimentação Agrária de Tavira (CEAT), que se realizará na próxima sexta-feira, dia 7 de Setembro, às 10h30, é uma das contribuições da Direção Regional de Agricultura e Pescas para o programa da Feira da Dieta Mediterrânica, que começa amanhã.

A visita contará com o apoio técnico dos engenheiros José Entrudo, António Marreiros, João Costa e José Tomás, todos eles técnicos daquela direção regional, «com reconhecido mérito nestas matérias e profundos conhecedores da riqueza patrimonial que esta coleção representa não só para a região do Algarve, como para toda a comunidade da Dieta Mediterrânica».

A participação destes técnicos irá permitir transmitir aos visitantes «conhecimentos e um enriquecimento cultural sobre estas matérias», visto serem «as pessoas que acompanham permanentemente esta coleção única no país», sublinha a Direção Regional de Agricultura do Algarve, que acrescenta que a atividade também se integra no No Ano Europeu do Património Cultural.

Ainda no âmbito da Feira da Dieta Mediterrânica, haverá duas tertúlias-passeio promovidas pela Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Algarve sobre atividades marcantes da Paisagem Mediterrânica.

Uma delas intitula-se «O Figo – Alimento Cultural do Algarve», e irá também decorrer no Centro de Experimentação Agrária de Tavira, em parceria com a Direção Regional de Agricultura e Pescas, na sexta-feira, dia 7 de Setembro, com início às 9h00.

A segunda, tem como tema «Paisagens do Sal», e irá decorrer nas salinas da empresa TaviraSal, de Rui Francisco Neves Dias, no sábado, dia 8, também às 9h00.

Estas duas tertúlias-passeio pretendem evocar «a estreita ligação entre os campos do barrocal e as zonas ribeirinhas e a sua importância na afirmação internacional do Algarve, em termos económicos e sociais».

Comentários

pub
pub