Linha do Algarve: Obra de estabilização de taludes na Fuzeta está concluída

Obra custou 116 mil euros

A obra de estabilização e tratamento de taludes, na Linha do Algarve, junto ao apeadeiro de Fuzeta-A, está concluída. 

A área intervencionada localiza-se em zona urbana, junto ao Apeadeiro de Fuzeta-A, «onde o traçado de via se desenvolve em perfil de escavação, com taludes de altura compreendida entre os 5 e os 7,5 metros», diz a Infraestruturas de Portugal (IP).

A plataforma ferroviária é acompanhada por muros de contenção em betão armado, com alturas compreendidas entre os 2,40 e os 3,30 metros, localizados na base dos taludes de escavação.

Na área contígua à crista dos taludes que foram intervencionados «existem diferentes tipos de construções, tendo, no local, sido identificadas diferentes patologias e alguns escorregamentos superficiais que colocavam em risco a estabilidade das edificações e que poderiam vir a comprometer a segurança da circulação ferroviária», segundo a IP.

Assim, a intervenção realizada teve por objetivo corrigir as patologias identificadas e travar o recuo dos taludes, salvaguardando a segurança das edificações e da exploração ferroviária.

A intervenção representou um investimento de 116 mil euros.

Comentários

pub
pub