Jovens génios da matemática lutam por medalhas em Monte Gordo

As Olimpíadas Ibero-Americanas da Matemática juntam mais de uma centena de jovens vindos de 24 países

Mais de uma centena de jovens vindos de 24 países participaram nas Olimpíadas Ibero-Americanas de Matemática, que estão a decorrer em Monte Gordo e em La Rábida, em Espanha, e termina esta sexta-feira. Portugal foi representado por uma equipa de quatro elementos, entre os quais a louletana Ana Sofia Silva Guerreiro, aluna do 12º ano.

A representação portuguesa fica completa com Kevin Luiz Ponte Pucci (Chaves, 11.º ano), Pedro Moreira Fernandes (Pombal, 12.º ano) e Rodrigo Tuna de Andrade (Matosinhos, 11.º ano).

Os resultados finais serão anunciados hoje, numa cerimónia que decorrerá em La Rábida, em Huelva. Além das medalhas, será também entregue a Taça Porto Rico, «atribuída à equipa que registar o maior progresso ao longo das últimas três edições».

Estiveram a concurso equipas vindas de Angola, Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Costa Rica, Cuba, El Salvador, Equador, Espanha, Guatemala, Honduras, México, Moçambique, Panamá, Paraguai, Perú, Portugal, Porto Rico, República Dominicana, São Tomé e Príncipe, Uruguai e Venezuela.

A participação de Portugal nas OIAM é organizada pela Sociedade Portuguesa de Matemática e a preparação dos alunos é assegurada pelo Projeto Delfos, do Departamento de Matemática da Universidade de Coimbra. O Ministério da Educação, a Ciência Viva, o Novo Banco, a Fundação Calouste Gulbenkian e a Pathena apoiam a realização das Olimpíadas.

Os alunos que queiram vir a ocupar um lugar nas equipas que representam Portugal nas competições internacionais deverão começar por participar nas XXXVII Olimpíadas Portuguesas de Matemática (OPM). As inscrições estarão abertas a partir da próxima semana e podem ser feitas online.

Comentários

pub
pub