Câmara de Portimão aprova voto de louvor ao padre Domingos

Padre jesuíta trabalha desde 1975 no Algarve

Foto: Samuel Mendonça | Folha do Domingo e Paróquia da Mexilhoeira Grande

A Câmara de Portimão aprovou, por unanimidade, um voto de louvor a ser atribuído ao padre Domingos da Costa, pároco da Mexilhoeira Grande, e que, este sábado, 8 de Setembro, celebra 60 anos desde a entrada na Companhia de Jesus (jesuítas). 

Foi Isilda Gomes, presidente da Câmara de Portimão, que apresentou, em reunião realizada esta quarta-feira, 5 de Setembro, o voto de louvor.

No documento é referido que o «padre Domingos é inequivocamente um referencial de humanismo e de intervenção social, sendo a sua obra um importante pilar das respostas sociais do concelho».

Nesse sentido, a Câmara Municipal propôs, como reconhecimento do mérito e da obra do sacerdote e da sua entrega à comunidade do concelho de Portimão e à freguesia da Mexilhoeira Grande, associar-se às celebrações, deliberando a atribuição de um voto de louvor e reconhecimento.

No próximo sábado, dia 8 de Setembro, cumprem-se, então, os 60 anos de entrada na Companhia de Jesus do padre Domingos da Costa, pároco da Mexilhoeira Grande, efeméride que será celebrada com um conjunto de iniciativas em que a comunidade local prestará uma justa e merecida homenagem ao senhor pároco.

O sacerdote jesuíta, que trabalha no Algarve desde 1975, assinalará a efeméride naquele dia com a celebração da eucaristia na capela da Aldeia de São José de Alcalar, às 19h00 (precedida pela receção às 18h00 no salão local).

Comentários

pub
pub