“As Desfiadoras” e “Pedra e Cal” refletem sobre património em Aljezur e Vila do Bispo

Mais duas iniciativas do DiVaM, o programa de Dinamização e Valorização dos Monumentos do Algarve

A performance “As Desfiadoras”, às 17h00, no Castelo de Aljezur e a exibição do filme “Pedra e Cal”, às 21h00, na Ermida de Guadalupe, em Vila do Bispo, realizam-se este sábado, 22 de Setembro, e vão desafiar todos a «refletir sobre o futuro do património». 

Esta performance terá lugar no Castelo de Aljezur e, através da história daquele lugar, «três moiras convidam, entre contos, cantos e poesia, o público a questionar-se sobre a importância da História, da Cultura, como da sua responsabilidade na caminhada humana, perante o seu percurso pessoal», diz a Direção Regional de Cultura do Algarve.

Este é «um espetáculo com uma componente estética simbólica», onde um fio, em constante movimento, se entrelaça «nas mãos das moiras e do público, criando uma teia onde todos se vêm envolvidos».

“As Desfiadoras” é um projeto promovido pela Teia D’Impulsos – Associação Social, Cultural e Desportiva da autoria e encenação de Ana Machado e Carla Moreira.

As contadoras vão ser Ana Machado, Carla Moreira e Joana Espiñal, com a som a ficar a cargo de Pedro Guerreiro.

Integrado na Mostra de Cinema documental “Um Mar de Filmes!”, “Pedra e Cal”, de Catarina Alves Costa, será exibido na Ermida de Nossa Senhora de Guadalupe (Raposeira/Vila do Bispo).

«Este documentário aborda as casas rurais no sudoeste alentejano, em muito semelhantes às regiões do Algarve, mostrando a relação entre o presente e memórias evocadas na intimidade do lar. Um inquérito às emoções e ao imaginários social a que está ligada a arquitetura tradicional e os 0bjetos interiores das casa que expõem um passado vivido como nostálgico e duro mas cujos traços ainda se encontram na paisagem», diz a Direção Regional de Cultra.

“Um Mar de Filmes!” é um projeto do Rizoma Lab – Associação Cultural, que tem a coordenação artística e curadoria de Luísa Baptista, produção técnica de Pedro Glória e conta com Carolina Rufino e Diogo Vilhena como programadores associados.

Para mais informações, basta clicar aqui.

“As Desfiadoras” e “Um Mar de Filmes!” são ações integradas no DiVaM 2018 – Dinamização e Valorização dos Monumentos – programa cultural organizado pela Direção Regional de Cultura do Algarve.

Comentários

pub
pub