Europa vai reconhecer projetos que contribuam para o desenvolvimento sustentável

As candidaturas estão abertas até ao dia 14 de Setembro

O Prémio Europeu de Desenvolvimento Sustentável vai voltar a reconhecer cidadãos, empresas e organizações que promovam iniciativas que ajudem a cumprir os objetivos de desenvolvimento sustentável da União Europeia.

As candidaturas a este prémio estão abertas até ao dia 14 de Setembro. A recompensa que os candidatos podem ganhar não é monetária «mas proporciona uma grande visibilidade, ao atrair o interesse do público e dos meios de comunicação», segundo a Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional (CCDR) do Algarve.

O tema da iniciativa, em 2018, é “Mobilizar as pessoas e assegurar a inclusão e a igualdade”. As candidaturas são abertas a todos, nomeadamente a «jovens, entidades públicas, entidades privadas e sociedade civil».

Exemplos daquilo que se pretende vão poder ser conhecidos durante a Feira da Dieta Mediterrânica, que vai decorrer entre os dias 6 e 9 de Setembro, em Tavira.

Durante o certame, o Centro de Informação Europe Direct (CIED) do Algarve, alojado na CCDR algarvia, vai promover, todos os dias às 19h00, “A maior lição do mundo”, onde se darão a conhecer os rostos de projetos regionais que ajudam a cumprir estes objetivos de desenvolvimento sustentável.

Aqui, dar-se-ão a conhecer propostas algarvias «para transformar o nosso mundo, sem deixar ninguém para trás».

Os projetos em foco, considerados pelo CIED como «potenciais candidatos ao Prémio Europeu do Desenvolvimento Sustentável», são as iniciativas Voluntariado Ambiental para a Água (APA-ARH), o programa Mentores para Migrantes (ACM-CNAI) e o projeto He4SHE e PatherWays (Cooperativa ECOS).

Comentários

pub
pub