Zero Desperdício “recuperou” 385 refeições no MED

O Festival MED, de Loulé, voltou a associar-se ao movimento “Zero Desperdício” e conseguiu recuperar um total de 385 refeições […]

O Festival MED, de Loulé, voltou a associar-se ao movimento “Zero Desperdício” e conseguiu recuperar um total de 385 refeições durante o evento, equivalente a 196 quilos de excedentes alimentares.

O objetivo é doar toda a comida não consumida durante os dias do Festival a famílias em situação de maior vulnerabilidade.

Esta ação contou com a participação de todos os expositores alimentares e restaurantes existentes no recinto do evento, que prontamente aderiram ao Movimento.

A operacionalização ficou a cargo de uma equipa de voluntários do Banco Local de Voluntariado de Loulé e técnicos da Divisão de Coesão Social e Saúde do Município de Loulé, que durante as quatro noites do Festival fizeram a recolha do excedente, garantindo todos os parâmetros de segurança exigidos pela Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) e Direção Geral da Alimentação e Veterinária (DGAV).

Com este tipo de iniciativa, o Festival MED minimiza o impacto ambiental causado pelos desperdícios alimentares, assim como permite o acesso à alimentação nas famílias em situação de maior vulnerabilidade socioeconómica.
Este será pois o caminho que o Município de Loulé pretende prosseguir e que se integra também noutras políticas de sustentabilidade, que têm sido seguidas pelo executivo.

“Loulé não se pode dar ao lixo” e como tal envidará todos os esforços para dar continuidade a este movimento em prol do combate ao desperdício alimentar.

Comentários

pub
pub