Choque Sailing promoveu a defesa dos oceanos durante a Volta ao Algarve à Vela

A equipa algarvia Choque Sailing aproveitou a sua participação na 26ª Volta ao Algarve à Vela/Land Rover Sailing Challenge, que […]

A equipa algarvia Choque Sailing aproveitou a sua participação na 26ª Volta ao Algarve à Vela/Land Rover Sailing Challenge, que terminou no sábado, para promover a defesa dos oceanos. Os tripulantes da embarcação associaram-se à campanha “Clean Seas”, promovida pela ONU, e hastearam uma mensagem à proa da embarcação em todos os pontos de paragem do evento, «para divulgar a urgência em suster tão grave ameaça ambiental».

«A iniciativa, que se desenvolve em todo o mundo, tem o objetivo de alertar para a ameaça que o plástico representa nos oceanos», revelou a Choque Sailing, que lembra que, por ano, «são enviados para o mar oito milhões de toneladas de plástico» e que, em 2015, se estimava que «99% das aves marinhas» já tivessem ingerido este material.

A 26ª Volta ao Algarve à Vela/Land Rover Sailing Challenge foi organizada pelo Ginásio Clube Naval de Faro e contou com três etapas, que ligaram Vila Real de Santo António a Lagos.

A Choque Sailing, em representação do clube organizador, terminou na quarta posição na classe Bénéteau Platu 25, numa prova «que reúne embarcações de grande nível competitivo, uma vez que antecede a clássica Regata dos Portos dos Descobrimentos, que, na próxima semana, unirá Lagos a Pallos de la Frontera».

Ao mesmo tempo, esta foi também uma festa dos amantes da vela, já que, a todas as etapas, se seguiram convívios entre os participantes.

A equipa algarvia aproveitou para «verificar a fiabilidade das recentes afinações introduzidas na embarcação, assim como ganhar experiência num tipo de navegação em tudo diferente daquela que acontece nas regatas da Ria Formosa».

«A participação neste evento, para além do natural prazer da vela e de revisitar os portos do Algarve, constituiu uma forma de contribuir para a competitividade da equipa, uma vez que proporcionou uma medição de forças com outras tripulações mais experientes», considerou Miguel Caetano, skipper da equipa Choque Sailing, que conta, ainda, com João Catarino, Miguel Caramelo, Nuno Santos, Rodrigo Beja, Sérgio Cardoso, Sérgio Branco e Sérgio Vieira.

A Choque Sailing conta com o apoio da Nave Pegos Boat Yard, Sul Informação e Ginásio Clube Naval de Faro.

 

Fotos: Volta ao Algarve à Vela | Land Rover Sailing Challenge

Comentários

pub
pub