José Carlos Carvalho foi “pescar” imagens e agora expõe fotografias na Tertúlia Algarvia

“José Carlos Carvalho foi pescar sardinhas e imagens a bordo da Arrifana” é o nome da exposição de fotografia patente […]

“José Carlos Carvalho foi pescar sardinhas e imagens a bordo da Arrifana” é o nome da exposição de fotografia patente até 9 de Agosto, na Tertúlia Algarvia, em Faro.

A Tertúlia Algarvia recebe, ao longo de 2018, o ciclo de exposições “The sardine photo experience”, que têm a sardinha como objeto de atenção e que abordam temas como a pesca da sardinha no Algarve, a indústria conserveira, as sardinhadas e as procissões marítimas dos pescadores.

“The sardine photo experience” é um projeto documental e coletivo, promovido pelos Encontros de Fotografia de Lagoa (ENFOLA) e coordenado por Nuno de Santos Loureiro.

José Carlos Carvalho nasceu em Luanda em 1970. Com o curso de fotografia da Ar.Co, iniciou a sua carreira em 1991, na imprensa regional, tendo posteriormente ingressado no Correio da Manhã. Foi repórter fotográfico e editor de fotografia no Diário de Notícias, passou pelo Expresso e está na revista Visão desde 2007.

José Carlos Carvalho já recebeu vários prémios de fotografia, dos quais se destacam o 1.º lugar no concurso Visão Fotojornalismo 2005 na categoria Vida Quotidiana ou Prémio de jornalismo “Direitos Humanos & Integração” na categoria de Imprensa 2011 e 2014, entre outros.

José realizou várias exposições individuais e coletivas e é autor do projeto fotográfico ‘12.12.12’ que resultou num livro e exposição itinerante em 2013. Integrou o grupo de fotógrafos do ‘Projeto Troika’ que resultou num livro editado em 2014. É autor do livro ‘Por mais escura que seja a noite… Amanhã é outro dia’, editado em 2017 pela Fundação Calouste Gulbenkian, e autor de um dos capítulos do livro ‘Faina Marítima’, editado em 2018 pelos Encontros de Fotografia de Lagoa.

Comentários

pub
pub