“O Algarve e a Guerra” é tema de curso livre de História na Universidade do Algarve

“O Algarve e a Guerra” é o tema do novo curso livre de História da região que começa a 5 […]

“O Algarve e a Guerra” é o tema do novo curso livre de História da região que começa a 5 de Junho, com as maior parte das sessões a decorrem no anfiteatro A do Complexo Pedagógico do Campus de Gambelas da Universidade do Algarve (UAlg), em Faro. 

As sessões decorrem todas as terças e quintas-feiras do mês de Junho (de 5 a 28), entre as 18h00 e as 20h00.

O curso também terá visitas, sendo a primeira, no dia 7 de Junho, orientada pelo professor Francisco Lameira, com o ponto de encontro a ser no Arco da Vila, em Faro, às 18h00.

Já o ponto de encontro para a visita a Castro Marim, no dia 14 de Junho orientada por Pedro Pires, será às 17h00 em frente ao edifício do Faculdade de Ciências Humanas e Sociais (FCHS), para quem desejar seguir no autocarro da UAlg, ou às 18h00 em Castro Marim, em lugar a combinar.

O Centro de Estudos em Património, Paisagem e Construção (CEPAC) e o Departamento de Artes e Humanidades da Faculdade de Ciências Humanas e Sociais da Universidade do Algarve organizam este ano mais uma edição do Curso Livre de História do Algarve (CLHA).

O CLHA já vai na sua XV edição «e todos os anos cativa um leque alargado de público de diferentes origens e áreas do saber, sendo muitos aqueles que já lhe são fiéis», diz a organização.

O tema de eleição é “O Algarve e a Guerra” e será abordado sob diferentes perspetivas durante as oito sessões, que incluem também duas visitas de estudo, como já vem sendo habitual. Num ano em que se comemora o centenário do final da I Guerra Mundial, a escolha deste tema surge também no sentido de refletir sobre alguns dos conflitos bélicos ocorridos ao longo dos séculos, com influência na história e cultura do Algarve, assim como na vida dos seus habitantes.

Também se pretende contribuir para o aprofundar de conhecimentos acerca da história da região e das relações que esta foi estabelecendo com as regiões e países vizinhos.

Para tal, foram convidados alguns investigadores que, no âmbito das suas comunicações, estendem um pouco o conjunto de territórios e protagonistas destes eventos, de que são exemplo o professor Francisco Contreras, docente de História Contemporânea da Universidade de Huelva, que falará das relações fronteiriças e migrações entre o Algarve e a Andaluzia nos períodos de guerra dos séculos XIX e XX, ou Fernando Pessanha, formado na UAlg (Licenciatura e Mestrado) e atualmente doutorando da Universidade de Huelva, com tese ligada à presença militar portuguesa em Marrocos e que falará no tema da guerra nos Algarves de Além-Mar.

Este ano, o curso associa-se às comemorações oficiais do Ano Europeu do Património Cultural, assim como aos seus principais objetivos. Para consultar o programa completo do curso, clique aqui.

Todos se podem inscrever neste curso confere certificado de participação. As inscrições podem ser feitas aqui. 

Para mais informações pode contactar o 289 800 914 ou enviar um e-mail para iafonso@ualg.pt.

Comentários

pub