Trio Madrigali leva “Cuori Innamorati” à Ermida de Guadalupe

O Trio Madrigali vai levar a obra “Cuori Innamorati” à Ermida de Nossa Senhora de Guadalupe, naquele que será o […]

O Trio Madrigali vai levar a obra “Cuori Innamorati” à Ermida de Nossa Senhora de Guadalupe, naquele que será o próximo concerto do ciclo “Sons Antigos a Sul -Temporada de Inverno & Primavera”. O espetáculo está marcado para 8 de Abril, domingo, às 16h00.

O Trio Madrigali é composto por Joana Godinho (mezzo soprano), Xurxo Varela (viola da gamba) e Hugo Sanches (guitarra barroca), «três músicos com uma longa ligação à interpretação de música antiga» que tiveram o seu concerto de estreia em Loulé, em 2015.

Segundo a Direção Regional de Cultura, este conjunto «divulga algumas das mais bonitas obras musicais da época renascentista e barroca, das cortes europeias, incluindo repertório ibérico, estabelecendo uma dinâmica e contraste de sons através de duas vozes acompanhadas por teorba, alaúde e viola da gamba».

O culto da melancolia em que a época renascentista estava embebida «deu origem às sonoridades exploradas pelos compositores da época através da temática amorosa, sendo a música inglesa e italiana do séc. XVI uma das suas melhores representações. O espírito melancólico mas apaixonado influenciou também alguns compositores do início do barroco, tendo porém já outro tratamento da linha melódica e de texto, prevendo uma alteração estilística eminente, dando um maior destaque à linha de acompanhamento do baixo contínuo», acrescenta a Direção Regional de Cultura.

“Cuori Innamorati” «leva o público a viajar pelo tema de eleição da música renascentista inglesa e barroca italiana, através de belíssimas canções acompanhadas por instrumentos históricos de corda, pela escrita musical de John Dowland, Robert Johnson, Caccini, Monteverdi e Merula», conclui.

O Ciclo de Música Antiga “Sons Antigos a Sul” é um projecto anual dirigido pela Academia de Música de Lagos de promoção e divulgação da Música Antiga no Algarve, envolvendo ensembles profissionais emergentes no panorama nacional e internacional, com particular destaque para a promoção do património histórico da Península Ibérica.

O Ciclo de Música Antiga “Sons Antigos a Sul” Temporada de Inverno, é um projeto cofinanciado pelo Fundo da União Europeia CRESC ALGARVE 2020 – Programa Operacional Regional do Algarve e integra o DiVaM – Dinamização e Valorização dos Monumentos – programa cultural organizado pela Direção Regional de Cultura do Algarve.

Comentários

pub
pub