Secretário de Estado das Infraestruturas amanhã em Tavira para apresentar «obras de emergência e estruturais» da EN125

O secretário de Estado das Infraestruturas vai estar amanhã, dia 23, na Câmara Municipal de Tavira, para apresentar à Comunidade […]

Guilherme d’Oliveira Martins – Foto: Hugo Rodrigues|Sul Informação

O secretário de Estado das Infraestruturas vai estar amanhã, dia 23, na Câmara Municipal de Tavira, para apresentar à Comunidade Intermunicipal do Algarve (AMAL) «os programas para as obras de emergência e estruturais da EN125 entre Olhão e Vila Real de Santo António».

A vinda ao Algarve do secretário de Estado Guilherme W. d’Oliveira Martins, marcada para o meio dia, é motivada pelo coro de críticas, que até já envolve os deputados do PS, sobre o «estado calamitoso» daquele troço da estrada nacional.

O Governo tem apresentado como desculpa para os adiamentos sucessivos no arranque das obras alegados atrasos por parte do Tribunal de Contas, mas como o Sul Informação revela hoje, a questão é bem diferente.

Tavira é um dos concelhos afetados pelo mau estado da EN125, ao mesmo tempo que o seu presidente de Câmara é também o dirigente máximo da AMAL. No entanto, Jorge Botelho não esteve, nem se fez representar, na tertúlia «EN125 – O Calvário, o Perigo e o Esquecimento», que teve lugar, no passado dia 16 de Abril, na Biblioteca Municipal de Vila Real de Santo António, organizada pela Biblioteca e pelo Jornal do Baixo Guadiana.

Comentários

pub
pub