«Chegou o grande dia»: novo posto da GNR de Almancil começa a ser construído amanhã

«Finalmente chegou o grande dia». Foi assim que Vítor Aleixo, presidente da Câmara de Loulé, se referiu à obra do […]

«Finalmente chegou o grande dia». Foi assim que Vítor Aleixo, presidente da Câmara de Loulé, se referiu à obra do novo posto da GNR de Almancil, que vai começar já amanhã, 3 de Abril. O desejo de novas instalações era antigo e, tanto a população, como os militares, vão vê-lo concretizado, se tudo correr bem, no prazo de 450 dias. 

A obra foi consignada esta tarde, numa cerimónia que contou com a presença de Isabel Oneto, secretária de Estado Adjunta e da Administração Interna, e vai (finalmente) para o terreno. Mas, como ilustrou o edil louletano, «não foi fácil chegar aqui».

É que desde 2014 que havia um protocolo entre a Câmara de Loulé e o Ministério da Administração Interna (MAI) para a construção deste quartel, mas a verdade é que só agora é que a obra vai começar.

O novo posto vai ficar situado junto ao Estádio Municipal de Almancil, perto da interseção entre as ruas Cristóvão Norte de Pires e da Venezuela. As obras, orçamentadas em 1,1 milhões de euros, vão ser pagas pela Câmara de Loulé mas o Ministério da Administração Interna vai, depois, ressarcir a autarquia do valor investido.

O espaço onde vai ser construído o quartel

Para a secretaria de Estado, o posto vai «não só beneficiar o concelho, como aquilo que é a segurança em toda a região do Algarve».

É que as condições do atual posto são «exíguas», considerou. O espaço, que fica no centro de Almancil, é, inclusive, uma casa de habitação que foi sendo adaptada para ali acolher a GNR. Também por isso, o pedido de um novo posto já era antigo pois o atual não tem as condições necessárias.

«Vamos fazer um novo com todos os requisitos técnicos para que tenha funcionalidade e operacionalidade», resumiu Isabel Oneto.

Vítor Aleixo mostrou-se bastante satisfeito por a obra avançar. «Não há regresso possível. Todos os obstáculos foram ultrapassados. Tivemos a maior colaboração por parte do MAI, dos seus quadros técnicos e da GNR que, mais do que ninguém, desejava que este dia chegasse», disse.

O edil louletano fez ainda referência a outras obras que já avançaram (ou estão a ser feitas) no concelho, em matéria de segurança, como a construção do novo quartel da GNR em Quarteira, as remodelações feitas no posto de Loulé, e a reconversão do antigo quartel dos Bombeiros, em Salir, no novo posto da GNR.

O atual posto

Certo é que a importância do novo posto em Almancil é tal que presidente da Câmara de Loulé confessou que até já pediu ao adjudicatário da obra «para que veja se consegue fazê-la no mais breve tempo possível».

Joaquim Pinto, presidente da Junta de Almancil, lembrou, por seu turno, que toda a freguesia é «um dos pulmões económicos do concelho e do Algarve» e o novo posto vai criar uma «imagem melhor junto dos turistas».

O espaço vai ter, por exemplo, melhores salas de atendimento do que as que existem agora, assim como capacidade de alojamento para militares, algo que o presidente da Junta de Freguesia vê como sendo «muito importante».

Aliás, Isabel Oneto também fez ao referência ao facto de o novo posto querer «não só garantir mehores condições de trabalho a quem aqui presta serviço», como melhorar o «atendimento à população».

«Que daqui a um ano possamos ter militares com todas as condições e que a população saiba que tem aqui a proteção necessária», concluiu.

 

Fotos: Pedro Lemos | Sul Informação

 

 

Comentários

pub
pub