Tornado arrancou árvores e destruiu telhados e automóveis em Altura [com fotos]

Dezenas de árvores arrancadas, telhados danificados e automóveis com vidros partidos. Foi este o rasto de destruição que o tornado […]

Foto: Francisco Amaral, publicada no Facebook

Dezenas de árvores arrancadas, telhados danificados e automóveis com vidros partidos. Foi este o rasto de destruição que o tornado que passou este domingo pelo Sotavento Algarvio deixou em Altura, no concelho de Castro Marim.

Francisco Amaral, presidente da Câmara de Castro Marim, explicou ao Sul Informação que o tornado «veio de Faro, passou por Moncarapacho, saiu para o mar e voltou a entrar em terra, causando danos em Cacela, na Manta Rota e Altura».

As árvores caídas «obstruíram estradas e ruas e houve dezenas de casas com telhados danificados e automóveis com vidros partidos. O tornado causou «várias situações de prejuízo financeiro», adiantou o autarca.

No entanto, apesar dos danos nas habitações, no concelho de Castro Marim, «não houve famílias desalojadas» e também «não houve vítimas a lamentar».

O telhado do Mercado Municipal de Altura ficou igualmente «muito danificado» e «uma empresa de aquacultura também sofreu prejuízos nos telhados dos armazéns», acrescentou o autarca.

Depois da passagem do tornado, várias zonas de Altura ficaram sem eletricidade, mas, segundo Francisco Amaral, esta «foi restabelecida passadas umas horas».

Também as estradas que ficaram cortadas devido à queda de árvores já foram reabertas, mas ainda estão no terreno trabalhadores da autarquia e de empresas privadas a concluir as operações de limpeza.

 

Comentários

pub
pub