Homem que matou a mãe em Loulé condenado a 16 anos de prisão

Um homem, de 66 anos, que matou a mãe, a 18 de Janeiro do ano passado, em Loulé, foi condenado […]

Crédito: Depositphotos

Um homem, de 66 anos, que matou a mãe, a 18 de Janeiro do ano passado, em Loulé, foi condenado ontem, 20 de Março, a 16 anos de prisão. 

O tribunal deu como provado que o arguido, funcionário das Finanças aposentado e dirigente de um clube desportivo de Loulé, matou a mãe, de 93 anos, na casa onde ambos viviam, naquela cidade.

Este homem, munido de um objeto, desferiu várias pancadas na cabeça da mãe, provocando-lhe a morte.

«Depois, limpou os vestígios e deitou a vítima na cama, alegando perante os amigos, o INEM e as autoridades que a encontrara já morta», conta o Ministério Público.

Comentários

pub
pub