Grito de Mulher vai ser “ouvido” em Castro Marim

A 8ª edição do Festival Internacional de Poesia e Arte “Grito de Mulher” está marcada para o próximo sábado, dia […]

A 8ª edição do Festival Internacional de Poesia e Arte “Grito de Mulher” está marcada para o próximo sábado, dia 24 de Março, a partir das 10h00, na Casa do Sal, em Castro Marim. O evento vai contar com vários momentos artísticos alusivos à temática anual do Festival: as mães como pilares da sociedade e guias de uma nova geração comprometida com uma vida sem violência.

A Câmara de Castro Marim explica que «“Grito de Mujer” é um festival poético-artístico organizado pelo MPI (Movimento Mujeres Poetas Internacional), nascido na República Dominicana pela escritora Jael Uribe, que consiste numa cadeia de eventos simultâneos em vários países durante o mês de março, em homenagem à mulher e contra a violência».

“Por ti Mujer, Uniendo Fronteras” «é o mote desta ação na Casa do Sal, numa simbiose com as características culturais deste território transfronteiriço».

«O MPI lançou o repto a algumas mulheres do Baixo Guadiana para participarem ativamente no projeto e integrar a publicação que resultará desta edição, estando o mesmo desafio aberto a todos os interessados», acrescenta a autarquia.

Além da declamação de poesia, o festival conta com alguns momentos musicais, nas vozes de Carla Sabino, Ângela Mascarenhas, Natalino Martins, Nádia Catarro e ainda a participação de “Música do Mundo de Mulheres” e da Associación FRONTEiRAS.

Esta é uma iniciativa do Movimento Mujeres Poetas Internacional e do Município de Castro Marim e conta com o apoio de vários colaboradores voluntários.

Mais informações sobre o movimento “Grito de Mujer” podem ser obtidas aqui.

Comentários

pub
pub