Vai-se falar sobre música para infância em Loulé

O musicólogo Paulo Lameiro vai conversar sobre música para infância no próximo dia 22 de Fevereiro, às 21h00, no Cine-Teatro […]

O musicólogo Paulo Lameiro vai conversar sobre música para infância no próximo dia 22 de Fevereiro, às 21h00, no Cine-Teatro Louletano, em Loulé. 

Esta conferência, no âmbito da rubrica “Conversas à Quinta”, será sobre o tema “Musicalmente – porque muito antes de os homens organizarem os sons, os sons organizaram os homens”.

Paulo Lameiro, diretor artístico da Companhia Musicalmente, falará sobre a importância da música na vida humana, sobretudo na infância, e revisitará os vários projetos e dinâmicas, «reconhecidos nacional e internacionalmente, que tem desenvolvido, nomeadamente na área dos concertos para bebés, na qual é uma referência obrigatória e incontornável há 20 anos», diz a Câmara de Loulé.

Paulo Lameiro nasceu em 1965, em Pousos, concelho de Leiria. Fez os primeiros estudos de música na Filarmónica da sua aldeia natal.

Tem o curso superior de Canto do Conservatório Nacional como bolseiro da Fundação Calouste Gulbenkian e é licenciado em Ciências Musicais pela Universidade Nova de Lisboa e pós-graduado em Etnomusicologia também pela Universidade Nova de Lisboa.

Foi vice-presidente da Escola de Música do Conservatório Nacional em Lisboa e membro da direção, integrando o Conselho Científico do Instituto de Etnomusicologia da Universidade Nova de Lisboa.

Também foi fundador da Escola de Artes Sociedade Artística Musical dos Pousos (SAMP), onde desenvolve atualmente vários programas no âmbito da pedagogia musical e dos efeitos terapêuticos da música com bebés, idosos, reclusos, doentes mentais, pessoas com deficiência, colaborando ainda com o serviço de pediatria do Hospital de Santo André. Paulo Lameiro foi fundador e maestro titular da Schola Cantorum Pastorinhos de Fátima.

A realização desta conferência «enquadra-se numa das linhas centrais da estratégia programática do Cine-Teatro seguida nas últimas temporadas (desde 2017) numa lógica de continuidade e aprofundamento: o debate e reflexão em torno da arte para a primeira infância», diz a Câmara de Loulé.

Este evento tem entrada gratuita, dirige-se a maiores de 12 anos (público em geral, com especial enfoque para educadores, animadores e mediadores socioculturais, músicos e outros artistas e curiosos com interesse pela criação artística dirigida à infância) e tem a duração aproximada de 90 minutos.

Para mais informações e reservas os interessados podem contactar o Cine-Teatro Louletano pelo telefone 289 414 604 (terça-feira a sexta-feira, das 13h00 às 18h00) ou pelo email cinereservas@cm-loule.pt.

Além disso, podem consultar a sua página de Facebook aqui ou o seu website aqui.

Comentários

pub