Polícia Marítima liberta cavalos-marinhos numa operação em Olhão

Cavalos-marinhos, polvos subdimensionados e santolas juvenis foram libertados no seu meio natural no passado dia 22, numa operação planeada do […]

Cavalos-marinhos, polvos subdimensionados e santolas juvenis foram libertados no seu meio natural no passado dia 22, numa operação planeada do Comando-local da Polícia Marítima de Olhão, na Ria Formosa.

A Autoridade Marítima apreendeu ainda 32 alcatruzes de plástico, onde estavam os cavalos-marinhos e as espécies com dimensão abaixo do mínimo legal.

Na ação, participaram três elementos da Polícia Marítima e um elemento da Capitania do Porto de Olhão, com apoio de uma embarcação.

O Autoridade Marítima local de Olhão afirma que irá «continuar o esforço de fiscalização e deteção ilegal deste tipo de arte e apanha destas espécies», das quais algumas em risco, como o cavalo-marinho.

Comentários

pub
pub