Polícia Marítima apreende artes de pesca ilegais no porto de Faro

Cinco armadilhas de gaiola (covos), 10 armadilhas de abrigo (alcatruzes) e uma rede de emalhar com 470 metros de comprimento […]

Cinco armadilhas de gaiola (covos), 10 armadilhas de abrigo (alcatruzes) e uma rede de emalhar com 470 metros de comprimento foram apreendidas pela Polícia Marítima, durante ma ação de fiscalização na Ria Formosa, junto ao cais comercial do porto de Faro, no passado dia 8.

A Polícia Marítima revela que estas artes de pesca profissionais «não possuíam qualquer identificação ou sinalização, encontrando-se em infração e constituindo assim um perigo para a navegação». Foram, por isso, «apreendidas cautelarmente», tendo sido «levantados os respetivos autos de notícia».

A fiscalização da PM dedicou «especial atenção à eventual deteção de métodos de captura ilícitos, em especial da espécie cavalo-marinho, espécie protegida e em vias de extinção».

Foram fiscalizadas várias embarcações de pesca profissional e de recreio. Num barco de pesca profissional que estava «a exercer a sua atividade», a Polícia Marítima detetou que os seus tripulantes não estavam a envergar os coletes de salvação.​

Comentários

pub
pub