Investigador da UAlg testa terapia inovadora para empresa de biotecnologia em França

Clévio Nóbrega, investigador do Centro de Investigação em Biomedicina, da Universidade do Algarve, acaba de estabelecer com a BrainVectis, uma […]

Clévio Nóbrega, investigador do Centro de Investigação em Biomedicina, da Universidade do Algarve, acaba de estabelecer com a BrainVectis, uma empresa de biotecnologia sediada em Paris, uma parceria para testar uma terapia de base genética para doenças neurodegenerativas, que deverá entrar brevemente em ensaios clínicos.

O laboratório de Neurociência Molecular e Terapia Genética vai, assim, ao longo dos próximos seis meses, efetuar, em modelos celulares, testes adicionais, acerca do mecanismo de ação da terapia.

Se os testes forem bem-sucedidos, a empresa, que tem como principal objetivo impedir a progressão de doenças que afetam o sistema nervoso, continuará a apostar na investigação de Clévio Nóbrega (que, em 2017, se destacou pelo Prémio de Jovem Cientista do Ano), avançando para experiências em modelos animais.

Saiba mais sobre a investigação em http://cbmr.ualg.pt/research/stemcelldevelop/the-molecular-neuroscience-and-therapy-laboratory/.

Comentários

pub
pub