Canção composta pelo algarvio Júlio Resende apura-se para a final do Festival da Canção [com vídeo]

A canção “Para sorrir eu não preciso de nada”, composta pelo algarvio Júlio Resende e interpretada por Catarina Miranda, apurou-se, […]

Júlio Resende

A canção “Para sorrir eu não preciso de nada”, composta pelo algarvio Júlio Resende e interpretada por Catarina Miranda, apurou-se, este domingo, para a final do Festival da Canção, que vai selecionar o representante de Portugal no Festival da Eurovisão.

Na primeira semifinal, a composição de Júlio Resende, conseguiu 16 pontos, ficando atrás da canção “Só por Ela” (22 pontos), interpretada por Peu Madureira, e com a mesma pontuação de “(Sem título)”, interpretada por Janeiro.

Além destas três canções, apuraram-se para a final “Pra Te Dar Abrigo”, de Anabela, com 13 pontos, “Eu Te Amo”, de Beatriz Pessoa, com 11 pontos, “Anda Estragar-me os Planos”, de Joana Barra Vaz, com 8 pontos, e “Zero Zero”, de Joana Espadinha, com 7 pontos.

Na segunda semifinal, marcada para dia 25 de Fevereiro, duas vozes da região do Algarve vão fazer-se ouvir no palco: Susana Travassos, que vai interpretar a canção “Mensageira”, composta por Aline Frazão, e Diogo Piçarra, que vai apresentar “Canção do Fim”, uma música composta pelo próprio.

 

Veja e oiça a interpretação de Catarina Miranda:

 

Comentários

pub
pub