Jazz nas Adegas «não podia ter começado de melhor forma»

«Não podia ter começado de melhor forma» a segunda edição do “Jazz nas Adegas”, que arrancou no passado sábado, 13 […]

«Não podia ter começado de melhor forma» a segunda edição do “Jazz nas Adegas”, que arrancou no passado sábado, 13 de Janeiro, na Quinta João Clara, em Alcantarilha (Silves). 

É que a casa esteve «completamente esgotada». A música esteve a cargo do quarteto Low Tech Groove.

Todos os produtores que integram esta iniciativa incluída na programação 365Algarve estão localizados em Silves e o objetivo do evento, segundo Rosa Palma, é «associar o território aos vinhos dos produtores aqui localizados e, desta forma, dar a conhecer os Vinhos do Algarve e de Silves, em particular, pois é o concelho que agrega mais produtores».

Para os vinicultores algarvios, esta é uma forma original e diferente de dar a conhecer os seus vinhos, tanto ao público local, como estrangeiro, como foi o caso da Quinta João Clara, gerida por Edite Alves, com o apoio das suas filhas Ana e Joana Alves, numa propriedade com perto de 11 hectares de vinha.

«Além do prestigiado monocasta negra mole, feito com a esta casta autóctone da região, os vinhos João Clara têm mais oito referências no seu portefólio», diz a Comissão Vitivinícola do Algarve.

Edite Alves aproveitou o evento para apresentar ao público três novidades a serem lançadas, ainda este ano, pelos vinhos João Clara: um Late Harvest (colheita tardia), um monocasta Alvarinho, com estágio em barrica, e também o primeiro espumante da marca, feito com 100% negra mole.

Dado o sucesso da primeira edição do Jazz nas Adegas, em 2017, este ano verificou-se o aumento da participação e interesse dos produtores participantes, que passaram de seis para oito produtores aderentes, com três estreias e cinco repetentes.

E se, na edição anterior, se foram verificando sucessivas lotações esgotadas, a situação começa desde já a verificar-se também com a edição desde ano.

Estas são razões que deixam satisfeita Rosa Palma. «Os ingredientes de associar a boa música ao bom vinho e a espaços privilegiados resultam na enorme adesão registada ao evento», disse.

Desidério Silva, presidente da Região de Turismo do Algarve, também esteve presente na sessão inaugural e disse estar «satisfeito com a moldura humana presente, o que confirma que atualmente os Vinhos do Algarve já conseguem atrair público devido à qualidade e imagem positiva que têm».

Quem desejar participar neste “Jazz nas Adegas” deve fazer reserva, tendo o ingresso, para cada sessão, o custo de 10 euros (inclui, além do concerto, prova de vinhos do produtor, voucher de visita ao Castelo e Museu Municipal de Arqueologia e a oferta de uma garrafa de vinho).

O período de reservas inicia-se um mês antes da data da sessão e o evento destina-se a maiores de 18 anos.

Esta é a segunda edição do Jazz nas Adegas, organizada pela Câmara Municipal de Silves, e que integra, mais uma vez, a programação do “365Algarve”. O Ginásio Clube de Faro assegura a contratação dos artistas, reunindo um conjunto de formações artísticas que valorizarão esta atividade.

A edição de 2018 terá oito sessões que, de Janeiro a Abril, se realizarão duas vezes por mês, passando pelas adegas de quase todos os produtores dos Vinhos de Silves (marca própria do Município).

«Esta iniciativa pretende dinamizar culturalmente os locais onde se produzem os Vinhos de Silves, numa simbiose entre o vinho, o seu produtor e a música, proporcionando uma experiência única ao público, em locais pouco usuais para a apresentação de um concerto de jazz», diz a autarquia.

Para mais informações e reservas, basta contactar o 282 440 800 ou o e-mail turismo@cm-silves.pt. Quem efetuar reservas deverá chegar meia hora antes da hora de início da atividade para levantar o seu bilhete.

 

Toda a programação do Jazz nas Adegas:

10 Fevereiro – Chustinatra, na Quinta do Francês, Silves
24 Fevereiro – Power Trio, na Quinta do Barradas, Silves
10 Março – P.L.I.N.T, na Quinta do Barranco Longo, Algoz
17 Março – Badalo Quarteto, na Quinta da Vinha, Silves
7 Abril – Alexandre Dahmen Trio, na Quinta do Outeiro, Silves
14- Abril – Yanina Mantuano, na Quinta da Malaca, Pêra

 

 

Comentários

pub