Autoridade Marítima reforça alerta: mar agitado e ondulação forte até ao fim-de-semana

Apesar da ligeira melhoria entre os dias 2 e 3 de Janeiro, a previsão do estado do mar na costa […]

Apesar da ligeira melhoria entre os dias 2 e 3 de Janeiro, a previsão do estado do mar na costa oeste sofrerá novo agravamento a partir do final da tarde de quarta-feira, dia 3, mantendo-se a situação inalterada até sábado.

A previsão é de ondas que «podem chegar aos 5 metros de altura no mar, o que originará forte rebentação junto à costa oeste de Portugal Continental».

​Assim, a Autoridade Marítima Nacional reforça a recomendação à população em geral para que, «durante toda a semana, se abstenha da prática de passeios junto à costa e nas praias, bem como da prática de atividades lúdicas nas zonas expostas à agitação marítima, sendo essencial que assumem uma postura preventiva não se expondo desnecessariamente ao risco».

Aos pescadores lúdicos de pesca à cana, nomeadamente os da Costa Vicentina, a Autoridade Marítima aconselha «cautela, evitando pescar junto a zonas de arriba nas frentes costeiras atingidas pela rebentação das ondas».

«Caso exista absoluta necessidade de se deslocar até à orla costeira, deverá manter-se uma atitude vigilante e ter sempre presente que nestas condições extremas o mar pode facilmente alcançar zonas aparentemente seguras», salienta a AMN.

Comentários

pub
pub