A vida de Vassilissa e da sua boneca de bolso conta-se em Monchique

“Vassilissa ou a Boneca no Bolso” conta a história de uma menina e da sua boneca. Este «maravilhoso espetáculo» é […]

“Vassilissa ou a Boneca no Bolso” conta a história de uma menina e da sua boneca. Este «maravilhoso espetáculo» é «uma iniciação ao ritual do teatro» e vai passar pela antiga serração de Monchique já nos dias 10 e 11 de Dezembro.

Trata-se de uma iniciativa que faz parte da programação do “Lavrar o Mar”, destinada tanto a crianças, como aos adultos que as acompanhem. Esta é uma história «das mais tradicionais do imaginário infantil», disse a programadora cultural Madalena Victorino ao Sul Informação.

«Quando está quase a morrer, a mãe de Vassilissa chama-a e dá-lhe uma boneca, dizendo-lhe: “sempre que estiveres aflita podes conversar com esta boneca e não te esqueças de lhe dar sempre de comer”», contou.

A boneca torna-se a sua força. O pai de Vassilissa volta a casar e a madrasta da protagonista não a quer em casa. Assim, Vassilissa é mandada para a floresta à procura do fogo.

«É uma metáfora do crescimento e da entrada das crianças na vida verdadeira, que não é cor de rosa. Tem obstáculos, agruras», explicou Madalena.

A certa altura, uma menina do público vai também entrar em cena e é desse diálogo entre bruxa e menina que também se fará esta peça, que já passou por Aljezur, onde teve casa cheia.

Esta iniciativa é uma produção do “Teatro O Bando”, fundado em 1974, numa coprodução com o Teatro Delle Briciole e o Centro Cultural de Belém.

Os espetáculos, que fazem parte do “365Algarve”, estão marcados para dia 11 de Dezembro, às 10h30 e às 14h30, para escolas, e a 10 de Dezembro, às 16h30, para famílias.

Quanto aos bilhetes, custam 3 euros para adultos, 2 euros para crianças e podem ser comprados aqui. 

Comentários

pub
pub