Mértola dá nome de rua à “sua” artista Mercedes Blasco

Uma rua na Mina de São Domingos vai ter o nome da artista Mercedes Blasco, natural daquela localidade de Mértola, […]

Uma rua na Mina de São Domingos vai ter o nome da artista Mercedes Blasco, natural daquela localidade de Mértola, na homenagem aos 150 anos do seu nascimento, numa cerimónia a acontecer na próxima quarta-feira, 4 de Outubro, às 17h30. 

Conceição Vitória Marques, conhecida no mundo artístico como Mercedes Blasco, nasceu na Mina de São Domingos, no dia 4 de Setembro de 1867, apesar da homenagem aos 150 anos desta data apenas acontecer um mês depois.

Durante a sua vida destacou-se, tanto em Portugal como além-fronteiras, como atriz e escritora, tendo igualmente desempenhado a profissão de enfermeira na Cruz Vermelha Belga durante a I Grande Guerra.

A reedição da sua obra “Vagabunda” e a atribuição do seu nome a uma rua na Mina de São Domingos são «também o início de um trabalho mais aprofundado sobre Mercedes Blasco, que contará – pelo menos – com a produção de uma exposição e uma fotobiografia», explica a Câmara de Mértola.

A reedição deste livro enquadra-se no espírito e objetivos que, quer a Fundação Serrão Martins, quer a Câmara Municipal de Mértola «preconizam para a Mina de São Domingos».

«Nasceu do trabalho conjunto entre várias entidades e pessoas e é uma, mais do que justa, homenagem a uma figura da terra – Conceição Vitória Marques -, conhecida pelo nome de Mercedes Blasco, atriz, escritora e, acima de tudo uma mulher das artes, defensora de causas sociais e da igualdade de direitos das mulheres», conclui a autarquia.

Comentários

pub
pub