Gil Silva é o novo diretor-delegado do Teatro das Figuras

Gil Silva é o novo diretor-delegado do Teatro das Figuras. O até agora responsável pelas áreas da programação e produção […]

Gil Silva é o novo diretor-delegado do Teatro das Figuras. O até agora responsável pelas áreas da programação e produção deste equipamento cultural, do qual é colaborador desde a sua abertura, vai assumir a direção e suceder no cargo a Joaquim Guerreiro, que faleceu no início de Setembro.

Além de nomear a nova direção do Teatro das Figuras, a Câmara de Faro deu posse ao novo Conselho de Administração do Teatro Municipal de Faro – Serviços Municipalizados esta terça-feira, dia 24 de Outubro.

O presidente deste órgão continuará a ser Paulo Santos, vice-presidente da Câmara de Faro e responsável pelo pelouro da Cultura, que terá como vogais a vereadora Sophie Matias, arquiteta que esteve ligada à génese do projeto do Teatro das Figuras, e o vereador Adriano Guerra, responsável máximo pela área financeira.

Para o cargo de diretor-delegado, foi escolhido alguém que conhece bem os cantos à casa. Gil Silva trabalha no Teatro das Figuras desde 2005 e já ocupou diversos cargos neste espaço cultural, nomeadamente frente de casa, produtor, programador, diretor interino.

O novo diretor do Teatro das Figuras nasceu em Vila Real em 1974 e reside desde 2003 em Faro. Licenciou-se em Economia pela Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, frequentou o mestrado de Práticas Culturais para Municípios na Universidade Nova de Lisboa e possui o Curso de Gestão e Produção de Artes do Espetáculo dado pelo Forum Dança.

É membro fundador da Arquente – Associação Cultural e tem experiência enquanto ator/performer, tendo trabalhado com nomes como João Garcia Miguel, Miguel Pereira, Inéz Boza, Francisco Campos, André Murraças, Susana Vidal, Helena Flor, entre outros. É, igualmente, encenador, tendo dirigido as peças Iremos a Montecarlo, Phantom Limb e Scroll.

Comentários

pub
pub