Francisco Amaral volta a tomar posse em Castro Marim no dia 17

Francisco Amaral vai tomar posse para um segundo mandato como presidente da Câmara de Castro Marim, desta vez sem maioria […]

Francisco Amaral vai tomar posse para um segundo mandato como presidente da Câmara de Castro Marim, desta vez sem maioria absoluta, no dia 17 de Outubro, às 10h00, na Biblioteca Municipal deste concelho. 

A mesma sessão servirá para dar posse aos demais eleitos para a Câmara e para a Assembleia Municipal.

Nas eleições de 1 de Outubro, o PSD, coligado com o CDS-PP, manteve a Câmara, mas perdeu um dos elementos que tinha na vereação e, consequentemente, a maioria absoluta. Assim, além de Francisco Amaral, os social-democratas apenas são representados por mais um vereador.

O PS manteve o mesmo número de eleitos para a Câmara que em 2013, dois no total. O quinto lugar de vereador foi ganho por José Estevens, antigo presidente da Câmara pelos social-democratas, que se desvinculou do PSD para se candidatar como independente à Câmara, à cabeça do movimento “Castro Marim Primeiro”.

E se as contas não estão fáceis para o Francisco Amaral na Câmara, onde a oposição tem mais vereadores, o mesmo acontece na Assembleia Municipal, onde os deputados que elegeu não ultrapassam os colocados pelas forças da oposição.

A coligação PSD/CDS-PP elegeu diretamente seis deputados municipais, a que se juntam três presidentes de Junta, o que lhe dá nove elementos na AM. O PS elegeu outros tantos membros das suas listas para este órgão e ganhou uma freguesia, o que perfaz sete votos. O “Castro Marim Primeiro” elegeu três e poderá vir a ser o “fiel” da balança.

 

Comentários

pub
pub