Conferência em Sines reúne especialistas e analisa futuro da Logística e das Cadeias de Abastecimento

Uma conferência internacional sobre «Logística e Cadeias de Abastecimento – Nova Era, Novos Desafios» decorreu no dia 11, no Centro […]

Uma conferência internacional sobre «Logística e Cadeias de Abastecimento – Nova Era, Novos Desafios» decorreu no dia 11, no Centro de Negócios da Zona Industrial e Logística de Sines (ZILS), numa organização da CPSI – Comunidade Portuária de Sines organizou, com a Administração do Porto de Sines, a aicep Global Parques e a Câmara Municipal de Sines.

Este encontro, que reuniu vários especialistas, teve por objetivo analisar o futuro do setor e discutir o reforço da oferta disponível no Complexo Industrial e Portuário de Sines, composto pelo Porto de Sines e pela ZILS, através da apresentação da capacidade instalada, do know-how disponível neste cluster e do potencial de desenvolvimento futuro.

Os organizadores da conferência, Francisco Mendes Palma, presidente da aGP, José Luís Cacho, presidente da APS, Jorge d’Almeida, presidente da CPSi, e Filipa Faria, da Câmara Municipal de Sines, abordaram, na 1ª sessão, os temas «Sines – Porta Atlântica da Europa», «Porto de Sines – Os próximos 40 anos», «Sines Park – o cluster logístico de Sines» e «PUZILS – fator de desenvolvimento sustentável».

Já na 2ª Sessão, com o mote «Sines – Logística 4.0», José Carlos Simão, diretor da DGRM, falou sobre «A nova Janela Única», Pedro Pires de Miranda, presidente da Siemens, abordou o tema «Portos Inteligentes – Tecnologias Orientadas para o Futuro», e José Tavares e Luís Tadeu, da Fordesi, falaram sobre «Redes Logísticas de Última Geração, fazer mais e melhor com Menos Recursos».

A 3ª Sessão envolveu uma Mesa Redonda, onde se analisaram as Tendências da Logística Global e que contou com a participação de Artur Alves, CEO do Marlo, Dirk Sosef, vice presidente da Prologis SVP, João Gaitas, country manager da FríoPuerto e Jorge Alonso, CEO do Grupo Alonso.

Durante a conferência, foi ainda formalizada a adesão da aicep Global Parques à CPSI – Comunidade Portuária de Sines, que, na ocasião, revelou o seu novo logótipo, enfatizando a ligação do porto à logística e à indústria.

A ministra do Mar Ana Paula Vitorino, em mensagem dirigida aos participantes deste encontro, congratulou os organizadores da conferência e referiu antever «que 2017 será um ano marcante para os portos portugueses, perspetivando-se alcançar o resultado notável de 100 milhões de toneladas. Esta marca histórica é, pois, indissociável do importante contributo do Porto de Sines e do seu sucesso no contexto portuário mundial. A este propósito, devo evidenciar o compromisso firme do Governo em reforçar o papel do Porto de Sines à escala global, enquanto porto hub para as principais rotas marítimas de comércio internacional e um dos principais portos energéticos do corredor marítimo atlântico».

A Comunidade Portuária de Sines CPSI foi criada no dia 9 de Junho de 2011 e integra os principais agentes económicos com atividade nesta infraestrutura portuária.

A CPSI visa cumprir um conjunto de objetivos que contribuam para o desenvolvimento do Porto de Sines, nomeadamente no âmbito comercial e propõe-se ainda contribuir para a melhoria das condições de operacionalidade do Porto de Sines, bem como para o desenvolvimento da área logística adjacente, visando tornar Sines numa grande plataforma logística Ibérica e Europeia.

Comentários

pub
pub