Aeroporto de Faro vai ser “cobaia” em projeto internacional de eficiência energética

O projeto internacional “Energy in Time”, cujo objetivo último é reduzir o consumo e o custo de energia em edifícios […]

O projeto internacional “Energy in Time”, cujo objetivo último é reduzir o consumo e o custo de energia em edifícios não residenciais, vai ser oficialmente apresentado hoje, dia 26 de Setembro, no Aeroporto de Faro, um dos locais onde será implantado.

Esta iniciativa, com um orçamento total de 7,7 milhões de euros e apoio de Fundos da União Europeia, foi desenvolvida por 13 parceiros de 8 países diferentes, entre as quais a ANA Aeroportos.

O Aeroporto algarvio é um dos demonstradores deste projeto, cujo objetivo é «desenvolver um controlo de simulação inteligente da energia na construção e manutenção de edifícios não residenciais, baseado em métodos para reduzir o consumo e custo de energia».

Isto significa, na prática, que o aeroporto vai desenvolver diversas ações «para dar resposta a aspetos relacionados com o controle baseado em simulação para operação e manutenção duma eficiência energética»,  tendo acesso, para isso, «aos mais recentes avanços tecnológicos na área de controlo e simulação de edifícios».

Os modelos de simulação que estão ser desenvolvidos no âmbito deste projeto, serão «calibrados ao longo do tempo, com informações precisas obtidas a partir dos edifícios e de planos operacionais gerados sob medida».

«Aspetos como o clima, a utilização do edifício e o comportamento dos seus utilizadores, entre outros, são aspetos que terão de ser devidamente analisados e modelados ao longo do tempo», acrescentou a ANA Aeroportos.

Além da infraestrutura aeroportuária algarvia, foram escolhidos para demonstradores do projeto um laboratório na Roménia, uma área comercial com hotel e parqueamentos e um grande edifício de escritórios com open spaces e com área comercial, ambos na Finlândia.

Comentários

pub
pub