Festival do Marisco terminou «em apoteose» ao som de Seu Jorge

O 32º Festival do Marisco terminou esta terça-feira, 15 de Agosto, com o Jardim Pescador Olhanense a ser «pequeno para […]

O 32º Festival do Marisco terminou esta terça-feira, 15 de Agosto, com o Jardim Pescador Olhanense a ser «pequeno para acolher a verdadeira multidão que ali acorreu para saborear os melhores mariscos e bivalves e assistir ao concerto de Seu Jorge». 

A edição deste ano ultrapassou a meta das 50 mil visitas, proposta pela organização.

«Estamos muito satisfeitos com a forma como decorreu esta edição do Festival do Marisco. É com imenso prazer que, ano após ano, recebemos de braços abertos as dezenas de milhares de pessoas que nos visitam. Vamos agora recuperar energias e, brevemente, começar já a trabalhar na edição de 2018», anunciou António Pina, presidente da Câmara de Olhão.

«O certame, uma iniciativa do Município de Olhão, organizada pela empresa municipal Fesnima, afirma-se após ano como o maior evento gastronómico do sul de Portugal: nesta edição, foram consumidas mais de 10 toneladas de mariscos e bivalves», conta a autarquia olhanense.

Camarão, sapateira, amêijoas e ostras foram os mais procurados, cozinhados ao natural, ou em paella, arroz e açorda.

No que diz respeito ao cartaz musical, a organização considera que as escolhas para este ano foram «apostas ganhas», tendo em conta as enchentes verificadas ao longo dos seis dias do evento.

Passaram pelo palco do Festival do Marisco Tony Carreira, Richie Campbell, D.A.M.A, Diogo Piçarra, Nelson Freitas e Seu Jorge.

«A programação deste ano procurou ser o mais eclética possível, como, de resto, tentamos que seja todos os anos, de forma a agradar e atrair um número diversificado de públicos. Este ano, esse objetivo foi particularmente bem conseguido, e prova disso foram as enchentes verificadas do primeiro ao último dia», sublinha António Pina.

O Festival do Marisco de Olhão contou este ano com as visitas de António Costa, primeiro-ministro, Mário Centeno, ministro das Finanças, e de Augusto Santos Silva, ministro dos Negócios Estrangeiros.

Outro dos pontos altos foi a passagem pelo certame do elenco da nova novela da SIC, Paixão, que vai para o ar já em Setembro, e é rodada em Albufeira, Loulé e Olhão.

«Projetar a Ria Formosa, a cidade e o concelho de Olhão e promover a sua economia e turismo são os objetivos sempre renovados da iniciativa da Câmara Municipal, organizada pela Fesnima, que ano após ano atrai dezenas de milhares de visitantes, que encontram no Festival do Marisco o que de melhor o mar português e a Ria Formosa têm para oferecer», conclui a Câmara de Olhão.

Comentários

pub
pub