Cheiro da sardinha assada levou mais de 50 mil a Portimão [com fotos]

As sardinhas atraíram a Portimão mais de 50 mil pessoas, entre os dias 2 e 6 de Agosto. O festival […]

As sardinhas atraíram a Portimão mais de 50 mil pessoas, entre os dias 2 e 6 de Agosto. O festival gastronómico onde este peixe é rei voltou a animar a zona ribeirinha da cidade e, na visão da Câmara de Portimão, a ser «um sucesso».

Os muitos visitantes foram atraídos pelo cheiro caraterístico da sardinha assada, mas não só. O certame também teve outros pontos de interesse, desde logo o cartaz musical, que contou com os artistas Aurea, Reflect, Átoa, Cuca Roseta e João Só, mas também artesanato, doçaria e outros petiscos.

Ao todo, marcaram presença 30 expositores que, segundo a Câmara de Portimão, trouxeram consigo «o melhor que o artesanato e o setor agroalimentar regionais podem oferecer».

Já a iguaria que dá nome ao Festival da Sardinha, pôde ser encontrada um pouco por todo o lado (e não apenas no recinto da festa).

«Diariamente os restaurantes oficiais À Ravessa, Casa Bica, Dona Barca, Forte e Feio, O Meco, Retiro do Peixe Assado, Ú Venâncio e Zizá, assim como os restaurantes nas proximidades do festival, e o espaço “Sardinha no Pão”, assegurado pelas associações locais GEJUPCE Portimão – Gil Eanes Juventude Portimonense Clube e Boa Esperança Atlético Clube Portimonense, encheram-se de filas, mostrando a tradição e atratividade que o festival e o ex-libris da cidade mantêm», segundo a Câmara de Portimão.

 

Fotos: Câmara de Portimão

Comentários

pub
pub