250 pessoas ficaram a ver estrelas com o Centro Ciência Viva de Lagos no alto da Fóia

Cerca de 250 pessoas deslocaram-se, na noite de 11 de Agosto, entre as 21h00 e as 00h00, até ao miradouro […]

Cerca de 250 pessoas deslocaram-se, na noite de 11 de Agosto, entre as 21h00 e as 00h00, até ao miradouro da Foia, na Serra de Monchique, para uma observação astronómica dinamizada pelo Centro Ciência Viva de Lagos, destinada a observar a chuva de estrelas Perseidas e vários objetos celestes.

Tendo em conta que seria uma das melhores ocasiões para observar a chuva de estrelas Perseidas, a noite de 11 de Agosto foi a escolhida pelo Centro Ciência Viva de Lagos para esta iniciativa num dos melhores locais para observação do céu no Algarve, a serra de Monchique.

Com a ajuda dos três telescópios do CCV Lagos, os participantes puderam observar vários objetos celestes como Júpiter, Saturno, a Lua e diversos enxames de estrelas. Apesar de não ter sido o melhor ano para a observação das Perseidas, os participantes foram também brindados com vários meteoros (estrelas cadentes).

Este evento contou com o apoio imprescindível da Câmara Municipal de Monchique, do Clube de Astronomia de Albufeira e da Associação Profissional das Artesãos e Artistas Plásticos de Monchique N’ArteCicus.

A atividade de Astronomia na Foia esteve integrada no programa nacional de divulgação de ciência “Ciência Viva no Verão”, da Agência Ciência Viva, estando as próximas observações agendadas para dia 21, na praia da Rocha, em Portimão, onde acompanharemos o eclipse solar parcial, e para dia 23, em Silves.

Mais informações em: www.cienciaviva.pt/veraocv/2017/

Fotos: John Cluderay (cedidas pelo Centro Ciência Viva de Lagos)

Comentários

pub
pub