Já começaram obras no Largo de Tributo a Paco de Lucía, em Monte Francisco

As obras de requalificação do Largo Manuel Gomes – Tributo a Paco de Lucía, em Monte Francisco (Castro Marim), já […]

As obras de requalificação do Largo Manuel Gomes – Tributo a Paco de Lucía, em Monte Francisco (Castro Marim), já começaram. 

Este local é «um tributo ao eterno génio da guitarra e à memória de sua mãe Luzia Gomes, natural desta povoação castromarinense», explica a Câmara de Castro Marim.

 

A requalificação, que representa um investimento de 325 mil euros, engloba também a pavimentação das ruas da envolvente (zona nascente).

O Largo Manuel Gomes – Tributo a Paco de Lucía «nasce da vontade de ampliar e promover o laço do “mestre absoluto do flamenco” a Castro Marim, mais especificamente a Monte Francisco, onde viveu a sua mãe, cuja alegria e semblante lusitano sempre o orgulhou e inspirou».

A sua ligação às raízes maternas perpetua-se no nome artístico de Francisco Gustavo Sánchez Gomes – Paco de Lucía – e nos álbuns “Castro Marín” (1981) e “Luzia” (1998).

Esta é «uma intervenção que se revela indispensável na melhoria das condições de mobilidade em Monte Francisco» pois é «um anseio antigo desta população, que esperava há largos anos pela obra», considera aquela autarquia.

Ao mesmo tempo está a decorrer um concurso para a pavimentação dos arruamentos da zona poente da localidade, empreitada avaliada em cerca de 100 mil euros.

Segundo a Câmara de Castro Marim, «a melhoria dos arruamentos das povoações do concelho tem sido uma das principais preocupações deste executivo, que promoveu a execução de dezenas de projetos, avançando agora as obras».

«Já concluídas foram as intervenções na estrada de acesso à Praia Verde, Urbanização da Quinta do Sobral, em Castro Marim (ruas Doutor Alves Moreira e 25 de Abril) e Junqueira, estando previstas para breve as obras em Odeleite, Azinhal, Altura, Rua da Arrancada e Casa Alta».

A requalificação do Largo Manuel Gomes – Tributo a Paco de Lucía é um projeto enquadrado no Plano de Ação de Desenvolvimento de Recursos Endógenos (PADRE), aprovado no âmbito do CRESC ALGARVE 2020, a cofinanciar a 70% pelo FEDER.

Comentários

pub
pub