ETIC_Algarve mostrou o trabalho de um ano em “Sunset” no Teatro das Figuras

Os trabalhos de fotografia, vídeo, videojogos, música ou design produzidos, ao longo do ano letivo na ETIC_Algarve apresentaram-se, esta terça-feira, […]

Os trabalhos de fotografia, vídeo, videojogos, música ou design produzidos, ao longo do ano letivo na ETIC_Algarve apresentaram-se, esta terça-feira, ao final da tarde, no Teatro das Figuras, em Faro, no Sunset ETIC_Algarve.

Nuno Ribeiro, diretor da ETIC_Algarve, explicou que o evento «é o culminar de um ano letivo e uma mostra do que os alunos vão fazendo ao longo do ano. Tem apresentações de produção e criação musical, com os alunos a atuarem ao vivo, sendo que os estudantes de técnicas de som preparam essa atuação. Já no foyer, temos trabalhos de fotografia, concept-art, design e trabalhos de vídeo, com a apresentação de documentários e videoclips produzidos este ano».

No caso dos trabalhos apresentados em vídeo, Nuno Ribeiro destacou «momentos muito marcantes» com a apresentação dois videoclips feitos para bandas do Algarve, a apresentação de um documentário sobre o Farense e outro sobre o Teatro Lethes. «São dois ícones desta cidade, foi uma ideia dos alunos, que pensaram no tema, fizeram os contactos e o trabalho sobre essas instituições», realçou o responsável.

Documentário sobre o Farense

Ao início da noite foi também apresentado o trabalho interdisciplinar “Follow Me”, «um projeto de seis alunos, de várias áreas, que fizeram Erasmus em Málaga e criaram uma curta-metragem, com a qual queremos fazer alguma bandeira com isso, apresentado-o em festivais, porque ficou um trabalho muito bom, muito bem filmado, editado e realizado».

Esta é, aliás, uma aposta da ETIC_Algarve, a distribuição dos trabalhos pelo circuito de festivais. «Os trabalhos não ficam na gaveta, são propriedade da escola, mas também dos seus autores. Apostamos na projeção e divulgação em festivais internacionais ou nacionais. Há essa continuidade que faz com que alunos que já tenham terminado o curso há um ano ou dois, venham a receber um prémio ou menção honrosa, num festival em Pequim ou em Freixo-de-Espada-à-Cinta», acrescenta Nuno Ribeiro.

Para o diretor da ETIC_Algarve, o ano letivo foi «muito positivo e resulta de um trabalho continuado. Temos novidades de eventos em que os alunos vão estar, ao longo do Verão, já fora do tempo de aulas, a trabalhar, em projetos muito significativos no Algarve. É importante que a escola tenha este cariz, que promova a criação de um portfólio real, que os alunos tenham experiência no terreno enquanto estão a estudar, com horários, que lidem com constrangimentos, ou com as exigências dos clientes».

 

Fotos: Vânia Gil/ETIC_Algarve

 

Comentários

pub
pub