Embarcação marítimo-turística embate em navio mercante em Sines, provocando feridos ligeiros

Uma embarcação de recreio afeta à atividade marítimo-turística, com seis pessoas a bordo, quando regressava ao porto de Sines na […]

Uma embarcação de recreio afeta à atividade marítimo-turística, com seis pessoas a bordo, quando regressava ao porto de Sines na tarde de ontem, 6 de maio, cerca das 17h00, embateu num navio mercante que estava no fundeadouro de Sines. Do acidente, resultaram feridos ligeiros e prejuízos na marítimo-turística.

A Autoridade Marítima Nacional salienta que «a embarcação regressou à Marina pelos próprios meios, sem necessitar de qualquer apoio para o efeito».

A situação foi acompanhada pela Polícia Marítima do Comando-local de Sines, que se dirigiu de imediato para o local para prestar apoio e realizar as diligências policiais para efeitos de inquérito.

Deste acidente, resultaram feridos ligeiros, que foram assistidos no porto de recreio, sendo que dois deles foram depois conduzidos de ambulância ao hospital.

A embarcação será «sujeita a vistoria inicial para avaliação dos danos e das ações de reparação necessárias», só podendo «voltar a sair para o mar depois de vistoria final por perito da Capitania do Porto de Sines, que ateste estarem reunidas as condições para que possa navegar em segurança».

Além da Polícia Maritima, que tomou conta da ocorrência, estiveram no local o INEM, ambulâncias dos Bombeiros Voluntários de Sines e pessoal da Administração dos Portos de Sines e do Algarve (APS). ​

Comentários

pub
pub