JSD Algarve quer jovens a reabilitar casas de famílias carenciadas de Monchique

A JSD Algarve quer colocar jovens a reabilitar casas de famílias carenciadas, em Monchique, estando «a ultimar pormenores» para apresentar […]

A JSD Algarve quer colocar jovens a reabilitar casas de famílias carenciadas, em Monchique, estando «a ultimar pormenores» para apresentar as linhas orientadoras do “Projeto de Voluntariado para a Recuperação de Imóveis” à Câmara local.

O objetivo é avançar com a primeira reabilitação «até Julho».

Para a Jota social-democrata do Algarve, esta ação é de «extrema importância, indo de encontro» a um dos direitos «fundamentais» consagrados na Constituição: «o direito à habitação».

Em 2007, quando foi criado o “Programa para o Conforto Habitacional”, «que exigia requisitos bastante restritos, uma vez que apenas abrangia idosos que recorressem a centros de dia ou a lares por falta de condições dos seus domicílios», cinco concelhos algarvios foram sinalizados como potenciais pontos críticos, incluindo Monchique.

Ainda assim, refere a JSD Algarve, «não chegou a ser efetuada qualquer intervenção» naquele concelho, sendo que este programa acabou por ser extinto em 2013. Como tal, a juventude partidária diz que não vai «permitir» que Monchique «continue sem um programa de apoio às famílias que mais precisam» de ajuda.

Assim, esta Jota vai, também, propor e enviar às entidades competentes, um “Programa de Reabilitação Urbana e Social”, que contenha requisitos mais amplos, abrangendo todas as faixas etárias e agregados familiares que usufruam do Rendimento Social de Inserção, e que residam em imóveis que careçam de intervenção.

Comentários

pub
pub