Fórum de Turismo tentou «consolidar uma estratégia» para a Eurocidade do Guadiana

A consolidação «de uma estratégia de cooperação no âmbito do desenvolvimento de planos turísticos, com vista à criação de uma […]

A consolidação «de uma estratégia de cooperação no âmbito do desenvolvimento de planos turísticos, com vista à criação de uma marca» foi um dos objetivos do I Fórum de Turismo da Eurocidade do Guadiana, que se realizou no dia 7 de Março, em Ayamonte.

Francisco Amaral, presidente da Eurocidade do Guadiana e da Câmara de Castro Marim, sublinhou  «as três cidades, dois países» como «um só destino turístico».

O edil realçou, também, a necessidade de destinar o próximo fórum deste género à juventude «que têm de sentir e participar ativamente na Eurocidade do Guadiana».

No decorrer do Fórum deram-se a conhecer as chaves dos destinos turístico-inteligentes e inovadores, experiências turísticas transfronteiriças, tanto na fronteira luso-espanhola como na hispânico-francesa (rota termal na Eurocidade Chaves/Verim, destinos turísticos inteligentes nos Pirenéus Centrais) bem como de outras experiências mais próximas da nossa região.

Estiveram presentes no evento mais de 50 empresários turísticos dos três concelhos da Eurocidade do Guadiana (Ayamonte, Castro Marim e Vila Real de Santo António), assim como o alcalde do munícipio de Ayamonte Alberto Fernández, que abriu as hostilidades, Roberto Pereira Grilo, presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional (CCDR) do Alentejo, e Francisco Serra, presidente da Eurorregião Alentejo-Algarve-Andaluzia e da CCDR Algarve.

A estes juntaram-se representantes dos municípios de Vila Real de Santo António e de Castro Marim.

Comentários

pub
pub