Cozinhas Mediterrânicas…com tomate de Inverno para fazer e degustar na aldeia da Mealha

Demonstrações culinárias em torno do tomate de Inverno e da batata, um almoço comunitário e convívio musical com as “Moçoilas”, […]

Demonstrações culinárias em torno do tomate de Inverno e da batata, um almoço comunitário e convívio musical com as “Moçoilas”, tudo isto rematado com um passeio pelo monte após o almoço. Este é o programa promovido na aldeia da Mealha, perto de Cachopo, no sábado, 18 de Março, no âmbito do projeto “Dieta Mediterrânica todo o ano”, promovido pelo Museu Municipal de Tavira.

A iniciativa começa às 10h30 de sábado, com uma demonstração culinária em torno do tomate de Inverno e da batata, com Margarida Vargues (cozinheira e bióloga), e outra demonstração culinária da “cozinha de batatas com as carnes de fora”, com as habitantes da Mealha.

O mote será o “tomate de Inverno”, também conhecido por “tomate de pendura” ou “tomate de guarda”. À semelhança de outros alimentos, o tomate, depois de apanhado, é guardado e conservado para durar até à próxima colheita. O frio da serra no Inverno retira-lhe cor e acentua o sabor.

Margarida Vargues mostrará as possibilidades culinárias do tomate e da batata, como cozinhar estes produtos para e com as crianças, em família, e como são preparados noutras áreas de cultura mediterrânica.

Com as senhoras da Mealha, os participantes irão aprender como se faz uma “cozinha de batatas com as carnes de fora”, uma sopa de batata bem apaladada pelo “tomate de Inverno” e com gosto a carne, sendo esta servida à parte.

Haverá um convívio à volta da mesa com as “Moçoilas”, que andam em “contrabandos musicais” pela serra do Caldeirão, e com quem se chegar à frente para tocar e cantar.

Havendo ainda vontade, a atividade terminará com um passeio para conhecer um pouco da vida quotidiana no monte.

Para participar nesta iniciativa, é obrigatório fazer inscrição, junto do Museu Municipal de Tavira, através do email edu.museus@cm-tavira.pt ou do telefone 281 320 500 (ext. 2305).

Mas atenção que, além de haver um número limitado de inscrições, a data limite é quinta-feira, 16 de Março. As inscrições, que incluem a degustação do almoço comunitário, custam 10 euros para os adultos e 5 euros para crianças entre os 6 e os 12 anos.

A sessão das “Cozinhas Mediterrânicas” é uma organização conjunta da Câmara Municipal de Tavira e da Junta de Freguesia de Cachopo, com a coordenação de Luísa Ricardo (antropóloga, Museu Municipal de Tavira) e Otília Cardeira (presidente da Junta de Freguesia de Cachopo).

As “Cozinhas Mediterrânicas” integram-se no programa “Dieta Mediterrânica todo o ano” promovido pelo Museu Municipal de Tavira.

“Dieta Mediterrânica todo o ano” é um programa de atividades de salvaguarda da Dieta Mediterrânica, que visa divulgar as múltiplas dimensões do estilo de vida e da paisagem cultural mediterrânica.

Em 2017, pretende-se, «na perspetiva da sustentabilidade (social, ambiental, económica), dar a conhecer as paisagens produtivas, os alimentos, os saberes-fazeres e as ameaças à sua continuidade», bem como «também explorar (ir mais além), experimentar, saborear».

O programa integra passeios de interpretação do território, demonstrações culinárias (as cozinhas mediterrânicas), mostras fílmicas, oficinas de arte e artesanato, entre outras atividades, em torno dos saberes-fazeres mediterrânicos.

As atividades são promovidas pelo Museu Municipal de Tavira e contam com a colaboração dos habitantes locais e parcerias com outras instituições, integrando o saber empírico e o saber científico.

 

Mais informação:
– Inscrições/ informações: Museu Municipal de Tavira – edu.museus@cm-tavira.pt, 281 320 500 (ext. 2305).
– Data limite de inscrição: 16 de Março (quinta-feira).
– Nº limitado de inscrições.
– A organização reserva-se o direito de alterar o programa, cancelar/adiar a atividade, caso haja questões de força maior.
– A deslocação para o local é da responsabilidade dos participantes.
– Ementa do almoço comunitário: entradas (pão, azeitonas e pisos de ervas aromáticas); “cozinha de batatas com as carnes de fora”; carne grelhada, salada, pão; bebida; fruta, bolo e café).
– Preço da atividade: adultos – 10 euros; crianças até aos 12 anos – 5 euros; crianças até aos 6 anos: gratuito.

Apoios:
Associação In Loco (Centros de Descoberta da Serra do Caldeirão / alojamento)
Associação de Caçadores da Mealha “Os Migrantes”

Comentários

pub
pub