Castro Marim abre concurso para criação do Largo Paco de Lucía em Monte Francisco

O concurso público para a requalificação do atual Largo Manuel Gomes, em Monte Francisco, de modo a prepará-lo para ser […]

O concurso público para a requalificação do atual Largo Manuel Gomes, em Monte Francisco, de modo a prepará-lo para ser rebatizado como Largo Paco de Lucía.

Como o Sul Informação avançou em Junho de 2016, a autarquia castromarinense vai aproveitar a ligação do conceituado músico espanhol a esta povoação do concelho, de onde era natural sua mão Luzia Gomes, para ali criar um pólo de atração cultural e turística.

Para isso, serão investidos cerca de 325 mil euros, verba que contempla não apenas a requalificação do largo, mas também «a beneficiação dos arruamentos da envolvente (zona nascente), intervenção que também se manifestava indispensável na melhoria das condições de mobilidade em Monte Francisco», segundo a Câmara de Castro Marim.

«Paralelamente, será brevemente aberto um concurso para a pavimentação dos arruamentos da zona poente em Monte Francisco, intervenção avaliada no valor de 100 mil euros», acrescentou a autarquia.

O largo Paco de Lucía pretende ser «um memorial ao guitarrista, que evoca e resgata um pouco da vida e da obra do músico, compositor e intérprete» e prevê «a criação de um espaço pedonal ajardinado, conjugado com peças artísticas, que invocam sensorialmente o artista Paco de Lucía, com alusão ao instrumento que elegeu, a guitarra».

Familiares de Paco de Lucía com o executivo municipal de Castro Marim

No local será ainda instalado um sistema áudio, «para disponibilizar aos visitantes o legado musical do génio da guitarra e do flamenco». «Quando o Largo estiver concluído, será um local local de romaria para turistas espanhóis, que irão sentir Paco de Lucía naquele local», antecipou o presidente da Câmara de Castro Marim, numa entrevista que deu ao Sul Informação no ano passado.

O já falecido artista espanhol ainda tem muitos parentes em Monte Francisco. Durante a sua vida, sempre fez questão de assumir publicamente a sua ascendência castro-marinense.
Esta ligação de Paco de Lucía a Castro Marim também é celebrada através do Festival de Lucía, amadrinhado pela fadista Mariza e que terá em Agosto a sua 2ª edição, e da iniciativa «Segredos de Lucía», uma proposta cultural agendada para 17 de Março e que tem o selo do 365 Algarve.
«Em curso está também a geminação com o município de Algeciras, de Andaluzia, de onde era natural Paco de Lucía e que constituiu também uma das suas grandes fontes de inspiração musical», salientou a Câmara de Castro Marim.

A requalificação do Largo Paco de Lucía é um projeto enquadrado no Plano de Ação de Desenvolvimento de Recursos Endógenos (PADRE), aprovado no âmbito do PO CRESC Algarve 2020, cuja candidatura a financiamento FEDER está em curso.

Comentários

pub
pub