Campeões mundiais de vela ensinam a modalidade em Vilamoura

Os campeões mundiais de vela em título, da classe 420, fazem parte da equipa técnica de treinadores do primeiro estágio […]

Os campeões mundiais de vela em título, da classe 420, fazem parte da equipa técnica de treinadores do primeiro estágio do Centro Internacional de Alto Rendimento da Marina de Vilamoura, o Vilamoura Sailing – Hi Performance Centre, que está a decorrer até amanhã, domingo.

Pedro Costa (20 anos) e Diogo Costa (19 anos) acompanhados de Gonçalo Ribeiro, treinador responsável pela associação da classe 420, formam o trio de treinadores deste estágio, que acolhe 15 tripulações (entre as quais quatro femininas) de atletas nacionais, de idades entre os 15 e os 22 anos.

Para os irmãos Costa, como são conhecidos no meio náutico, atletas do Porto que conquistaram no ano passado, em San Remo, o título mundial da classe, “este estágio é uma oportunidade de passarmos a nossa opinião sobre a melhor forma de melhorar o desempenho no mar, ajudando os atletas em questões técnicas como a posição do corpo ou a afinação da vela, por exemplo”.

O estágio, a decorrer até domingo, é composto por um briefing matinal, onde se define o plano para o dia, seguido de treino no mar de cinco horas e análise das gravações dos exercícios feitos no mar. Os atletas estão a treinar a condução, manobras e situação de regata.

Gonçalo Ramos, atleta do clube de vela do Barreiro, confirma que “é bom ouvir a opinião dos irmãos Costa e aprender com a sua experiência para conseguir evoluir”.

O Vilamoura Sailing – Hi Performance Centre, uma parceria entre a Companhia Náutica e a Marina de Vilamoura, está apto a receber estágios de classes específicas, como a 420, optimist ou laser, e a acolher equipas estrangeiras de alta competição, que podem encontrar em Vilamoura apoio técnico e logístico, assim como condições atmosféricas e de mar perfeitas para treino durante os meses de inverno.

Neste Centro, localizado na Marina de Vilamoura, os atletas terão a oportunidade de planear os estágios de acordo com as especificidades das equipas, como por exemplo a condição física dos atletas, a dieta adequada ao desempenho pretendido, o suporte técnico e teórico e o apoio psicológico.

O Centro tem disponível uma frota de embarcações diversificada das classes Optimist, 420, 29ers, Laser Standart (classe Olímpica), Laser Radial (classe Olímpica), Laser 4.9 e 470 (classe Olímpica).

Além das embarcações a vela, o centro possui ainda uma frota de botes semirrígidos para os treinadores.

Este novo equipamento prevê atrair atletas do Norte da Europa, sobretudo pelas condições meteorológicas e hoteleiras e da Ásia, que assim podem estabelecer uma base de treino na Europa.

«Por isso, o Centro de Alto Rendimento é um equipamento que vai contribuir para combater a sazonalidade do Algarve, dotando a Marina de Vilamoura de mais um fator diferenciador e de desenvolvimento regional», garantem os seus promotores.

A Marina de Vilamoura tem uma longa tradição na organização de provas e no acolhimento de atletas de alta competição.

O sucesso do World Cup Optimist, em 2016 ou a Regata de Carnaval, a realizar nos próximos dias 25, 26 e 27 de Fevereiro, são exemplos disso. A Regata de Carnaval é um evento anual, está na sua 43ª edição e conta este ano com mais de 500 participantes.

Comentários

pub
pub