Câmara de Silves ajuda a transformar papel em alimentos

  A Câmara de Silves associou-se à ação “Papel por Alimentos”, do Banco Alimentar, e todos os jornais recebidos na […]

 

A Câmara de Silves associou-se à ação “Papel por Alimentos”, do Banco Alimentar, e todos os jornais recebidos na Biblioteca Municipal são, no seu fim de vida, encaminhados para esta campanha.

A autarquia explica que, neste processo, «colabora com a Casa do Povo de São Bartolomeu de Messines que recebe os jornais e os reencaminha para o Banco Alimentar. O peso em papel entregue é reconvertido em alimentos que são, posteriormente, encaminhados para as famílias carenciadas do concelho».

A campanha “Papel por Alimentos” «integra-se num ideal de sensibilização para a importância do papel de cada pessoa na sociedade e para a possibilidade de recuperar e reutilizar coisas que parecem não ter valor», explica o Banco Alimentar.

A ação «pretende envolver as Instituições que diariamente se abastecem nos Bancos Alimentares e os voluntários que colaboram, mas também todas as pessoas e entidades que se queiram associar, nomeadamente a administração pública e local».

A iniciativa é desenvolvida em parceria com uma empresa de recolha e recuperação de desperdícios, que por cada tonelada de papel recolhido, vai entregar o equivalente a 100 euros em alimentos, indicados pela Federação Portuguesa dos Bancos Alimentares.

 

Comentários

pub
pub