José Pedro Fontes vence Rali do Algarve, Diogo Gago ganha nas duas rodas motrizes

José Pedro Fontes (Citroën DS3) venceu este domingo o Rali do Algarve e fechou com um triunfo o Campeonato Nacional […]

José Pedro Fontes (Custom)José Pedro Fontes (Citroën DS3) venceu este domingo o Rali do Algarve e fechou com um triunfo o Campeonato Nacional de Ralis 2016, onde já tinha assegurado a conquista do bicampeonato.

Neste segundo e último dia de prova, José Pedro Fontes, navegado por Inês Ponte, no Citroën DS3, manteve a toada ofensiva, vencendo mais três provas especiais e carimbando a vitória no rali. Fechou com chave de ouro a última prova do campeonato, somando também o título ibérico FIA de Ralis.

João Barros e Jorge Henriques (Ford Fiesta R5) foram os mais rápidos na segunda passagem pela Fóia e ficaram no 2º posto, tendo protagonizado, na primeira ronda, uma animada disputa com Pedro Meireles, que viria a desistir no final da PE 7, com problema no Skoda Fabia.

O pódio foi fechado pela dupla Carlos Vieira/Jorge Carvalho, em Citroen DS3 R5, que se superiorizou a Miguel Barbosa e Miguel Ramalho, em Skoda Fabia R5.

Jogando em casa, a dupla Diogo Gago e Hugo Magalhães foi autora de uma prova irrepreensível, comprovada pelas vitórias em todas as especiais nas duas rodas motrizes, conquistando o título nacional CNR2.

A dupla do Peugeot 208 R2 acabou por deixar a concorrência a mais de dois minutos de distância. Diogo Gago terminou o Rali do Algarve no 5º posto absoluto, vencendo entre os duas rodas motrizes e inscrevendo ainda o seu nome na lista de vencedores da Júnior na Taça da Europa de Ralis.

“Não entrámos no Rali Casinos do Algarve com intenção de gerir o que quer que fosse. Entrámos determinados em ganhar e dessa forma não deixar margem para dúvidas quanto à conquista do título Nacional de duas rodas motrizes. O pleno de vitórias em troços nas duas rodas motrizes e os nossos resultados à geral demonstram a nossa determinação em dominarmos a nossa classe”, começou por dizer Diogo Gago.

 

Diogo Gago Algarve 2016 (Custom)
Diogo Gago

 

“O andamento que demonstrámos é fruto do trabalho que temos efetuado com a equipa ao longo do ano, tendo em vista o título nacional, por isso a vitória na prova e a conquista do título nacional são mais do que merecidos para todos nós”, concluiu o piloto algarvio.

Por seu lado, Gil Antunes e Diogo Correia foram os 2º do CNR2 e sagraram-se campeões da classe RC3.

Daniel Nunes aliou a rapidez ao espetáculo, para somar uma vitória na Taça FPAK de asfalto, mas foi Carlos Fernandes quem levou o título para casa, arrancado na última especial a Eduardo Veiga, que levou o Ford Escort MK II ao terceiro posto.

Partindo para a segunda etapa em Rally2, Diogo Soares conseguiu vencer o Desafio Challenge DS3, ficando a vitória no rali e na RC5 nas mãos de Gonçalo Inácio.

Nota ainda para as prestações de Ricardo Teodósio, Márcio Marreiros, Cipriano Antunes e Hugo Lopes, que venceram entre os GT, RC2N, Clássicos e Iniciados, respetivamente.

A consagração dos últimos vencedores teve lugar em frente ao Hotel Algarve Casino, um ótimo cenário para terminar uma prova que animou os concelhos de Portimão, Lagos e Monchique.

Comentários

pub
pub