Faro agradeceu à Seleção Nacional vitória no Europeu (que pode dar uma ajuda ao turismo)

A noite de glória da Seleção Nacional de Futebol teve lugar a 10 de Julho, numa cidade a milhares de […]

Homenagem à Seleção Nacional Faro_CM Faro_2A noite de glória da Seleção Nacional de Futebol teve lugar a 10 de Julho, numa cidade a milhares de quilómetros de distância, mas as suas repercussões económicas foram (e serão) bem sentidas em Portugal.

Foi para agradecer o feito inédito de vencer um Campeonato Europeu, a alegria dada aos portugueses e a ajuda dada ao principal motor da região, o turismo, que a Câmara de Faro e associação Algfuturo homenagearam este sábado a seleção de futebol, um dia antes desta jogar uma partida de qualificação para o Mundial de 2018 no Estádio Algarve.

O Salão Nobre da Câmara de Faro encheu-se para assistir à cerimónia de homenagem aos campeões, que contou com a presença do presidente da Federação Portuguesa de Futebol Fernando Gomes. E não faltaram alguns adeptos mais jovens, talvez na esperança de que pudesse comparecer algum dos heróis de Paris, o que não aconteceu (nem estava programado).

A equipa não esteve fisicamente presente, mas foi tema central dos diferentes discursos da tarde. Os jogadores da seleção foram os protagonistas, mas, como salientou o presidente da FPF, a conquista do troféu deveu-se «a um esforço conjunto» de muita gente, desde a estrela maior da constelação de jogadores lusos, Cristiano Ronaldo, a anónimos membros da federação, que trabalharam com a equipa e lhe deram as condições necessárias para triunfar.

 

Homenagem à Seleção Nacional Faro_CM Faro_3

Esta homenagem foi, de resto, também para eles. A Câmara de Faro e Algfuturo deixaram bem claro que a distinção recebida hoje por Fernando Gomes se estende «a toda a federação, selecionador, jogadores, equipa técnica e demais profissionais envolvidos, que tornaram realidade o sonho de Portugal ser Campeão Europeu de Futebol».

A sessão serviu ainda para o presidente da FPF deixar alguns números sobre o impacto das campanhas  internacionais da seleção de futebol na economia portuguesa.

Segundo um estudo do IPAM – Instituto Português de Administração de Marketing, a prestação da seleção teve um impacto direto e indireto de mais de 600 milhões de euros na economia portuguesa (o Euro 2004, que se realizou em Portugal, teve um impacto de cerca de 440 milhões).

Nos impactos diretos estão contabilizados, por exemplo, a dinâmica de consumo acrescida motivada pelos jogos da seleção, nomeadamente em bares e restaurantes, enquanto nos indiretos estão, entre outros, a notoriedade ganha por Portugal. No caso de uma região turística como o Algarve, este é um aspecto que tem particular interesse, pois pode ser uma forma de atrair mais visitantes à região.

 

Nota: Fotos cedidas pela Câmara de Faro, após um problema informático ter feito desaparecer as que o repórter do Sul Informação presente na cerimónia tirou. Azares tecnológicos…

Comentários

pub
pub